Às vésperas da Copa, Messi e Cristiano Ronaldo estrelam juntos campanha publicitária de marca de luxo

Na véspera do início da Copa do Mundo do Catar, dois ídolos de uma geração estrelaram uma campanha publicitária juntos no Instagram, em uma rara parceria: Messi e Cristiano Ronaldo estrelaram juntos uma campanha publicitária da grife Louis Vuitton.

A foto, postada por ambos, passou das casa dos milhões de curtidas em menos de 20 minutos e mostra os craques jogando xadrez em uma mala de viagem — que remete a cases de troféus — da grife.

Em sua página, a marca postou a foto e celebrou a campanha. "Além de uma longa tradição de fabricar cases para os maiores troféus do esporte, a Louis Vuitton celebra dois dos jogadores mais talentosos da atualidade", escreveu na legenda.

Convocados pelas seleções de Portugal (Cristiano) e Argentina (Messi), os astros são presenças garantidas no mundial, o provável último de suas carreiras.

Os craques dominaram a última década numa rivalidade que mudou o futebol internacional. No período, Messi arrematou sete Bolas de Ouro e Ronaldo, cinco. Recentemente, o gajo fez fortes elogios ao argentino, em meio a uma entrevista bombástica ao jornalista Piers Morgan.

— (Ele é) Incrível. Como jogador, ele é mágico, é top. Como pessoa, dividimos o palco por 16 anos. Imagine isso. Tenho um ótimo relacionamento com ele. Não sou amigo dele, tipo aquele amigo que vai na sua casa, com quem você fala no telefone; mas ele é como um companheiro de equipe. É um cara que eu respeito muito, a forma como ele sempre fala de mim. Até sua esposa e minha namorada se respeitam. Eles são da Argentina, minha namorada é da Argentina. É bom. O que vou dizer do Messi? Só coisas boas. É um cara legal, que faz tudo pelo futebol — falou CR7 em entrevista ao jornalista britânico Piers Morgan.

Quando perguntado se Messi é o melhor jogador que já enfrentou, Ronaldo não titubeou.

— Provavelmente sim (é o melhor). E Zidane provavelmente. Com quem joguei contra, disputei, sim — revelou. — Nunca (jantamos). Por que não? Sim! Adoro conhecer pessoas, adoro pessoas. Adoro compartilhar coisas, ideias, aprender coisas, novas histórias, novos cérebros. Vou fazer isso com certeza em alguns anos, que nem no passado Pelé e Maradona fizeram. Sem problemas — concluiu o português.