África do Sul: homens armados invadem bar e matam pelo menos 15 clientes em Soweto

Um tiroteio em um bar na cidade de Soweto, na região metropolitana de Joanesburgo, na África do Sul, deixou ao menos 15 pessoas mortas e nove feridas, sendo que três estão hospitalizadas em estado crítico. O estabelecimento foi invadido pouco depois da 0h deste domingo por homens armados que abriram fogo contra os clientes, de acordo com a polícia local.

Os investigadores informaram que os autores da chacina chegaram na Tarvena Nomzamo em um micro-ônibus. Homens armados com rifles e pistolas desceram do veículo, entraram no estabelecimento e atiraram aleatoriamente contra as vítimas.

Permanecem foragidos

Após o crime, os homens armados fugiram do local e permanecem foragidos. A polícia abriu uma investigação para identificar os autores e a motivação do assassinato em massa.

Segundo a BBC, as vítimas têm entre 19 e 35 anos. Três feridos graves foram levados para o hospital Chris Hani Baragwanath, em Joanesburgo.

O chefe de polícia da província de Gauteng, o tenente-general Elias Mawela, disse à rede de televisão britânica que o tiroteio parece ter sido "um ataque a sangue frio a clientes inocentes de tavernas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos