África do Sul se despede de "bússola moral" no funeral de Desmond Tutu

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Funeral de Desmond Tutu na Cidade do Cabo
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Desmond Tutu
    Desmond Tutu
    Arcebispo sul-africano
  • Cyril Ramaphosa
    Político, empresário e ativista sul-africano, 5º presidente da África do Sul

Por Wendell Roelf

CIDADE DO CABO (Reuters) - O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, elogiou o falecido arcebispo Desmond Tutu como "nossa bússola moral e consciência nacional" em funeral neste sábado para um herói da luta contra o apartheid.

"Nosso pai falecido foi um cruzado na luta pela liberdade, pela justiça, pela igualdade e pela paz, não apenas na África do Sul, o país de seu nascimento, mas em todo o mundo", disse Ramaphosa na Catedral de São Jorge, na Cidade do Cabo, onde durante anos Tutu pregou contra a injustiça racial.

O presidente então entregou a bandeira nacional à viúva de Tutu, Nomalizo Leah, conhecida como "Mama Leah". Tutu, que recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua oposição não violenta ao governo da minoria branca, morreu no último domingo, aos 90 anos.

A viúva estava sentada em uma cadeira de rodas na primeira fila da congregação, envolta em um lenço roxo, cor das vestes clericais de seu marido. Ramaphosa usava uma gravata combinando.

A Cidade do Cabo, onde Tutu viveu durante a maior parte de sua vida, estava incomumente chuvosa na manhã de sábado, quando as pessoas se reuniram para se despedir do homem carinhosamente conhecido como "O Arco".

O sol brilhou fortemente após a missa de réquiem quando seis clérigos vestidos de branco levaram o caixão para fora da catedral para um carro fúnebre.

O corpo de Tutu será cremado e suas cinzas enterradas atrás do púlpito da catedral em uma cerimônia privada.

"Pequeno em estatura física, ele era um gigante entre nós moral e espiritualmente", disse o bispo aposentado Michael Nuttall, que serviu como adjunto de Tutu por muitos anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos