Água invade barracão da Perola Negra na Vila Leopoldina, em SP

ALINE MAZZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O barracão da escola de samba Pérola Negra, sob o viaduto Mofarrej, na Vila Leopoldina (zona oeste de SP), ficou completamente alagado após temporal que atinge a capital paulista desde a noite de domingo (9).

Segundo assessoria de imprensa da Pérola, a escola enviou um caminhão para retirar os funcionários que trabalhavam no local no início da manhã, quando a água subiu. Ninguém se feriu. 

O barracão é usado para confecção de fantasias e armazenamento de materiais como tecidos e aviamentos dos trajes. No local ainda estava sendo montado um dos carros alegóricos da agremiação. 

Segundo nota assinada pela presidente da escola, Sheila Monaco, como a água ainda não baixou, ainda não foi possível avaliar os estragos e como o desfile da escola será afetado. 

A Liga Indepedente das Escolas de Samba informou que a situação da Pérola será analisada, pois ainda não se sabe a extensão dos estragos causados pela chuva. 

Após conseguir subir para o Grupo Especial, a Pérola Negra será a primeira escola a entrar na avenida no próximo dia 22, sábado. A agremiação homenageará esse ano o povo cigano com o enredo "Bartali Tcherain - A estrela cigana brilha na Pérola Negra".