Árbitros escoceses assumem homossexualidade e pedem 'mudança de clima' no futebol

Dois árbitros escoceses assumiram publicamente sua orientação sexual em uma tentativa de quebrar paradigmas e preconceitos no mundo do futebol. Nesta semana, Craig Napier e Lloyd Wilson se tornaram os primeiros juízes de seu país a falar sobre homossexualidade.

"Não acho que isso é notícia, mas acho que, no momento, realmente precisa ser. Precisamos ver uma mudança de clima para que as pessoas sintam que podem ser seu verdadeiro eu e viver felizes e confortavelmente em sua própria pele”, disse Napier em em vídeo divulgado pela a federação escocesa.

Napier tem 32 anos e comandou 10 jogos da primeira divisão na Escócia na temporada 2021-22.

"É algo que eu nunca pensei que estaria sentado aqui fazendo. Eu obviamente convivo com isso há muito tempo, e foi uma jornada difícil para chegar a esse ponto, mas nos últimos dois anos tornou-se muito mais fácil", diz.

Já Wilson, que apita nas ligas inferiores da Escócia, falou sobre sua sexualidade em um vídeo no canal do YouTube da instituição de caridade de saúde mental Back Onside. Perguntado por que ele estava falando publicamente sobre isso agora, o árbitro respondeu:

“Acho que realmente a razão é que esta foi uma jornada horrível, para ser honesto. Uma jornada de talvez 17 anos vivendo uma vida que eu não queria viver, vivendo uma mentira, vivendo do jeito que outras pessoas talvez quisessem que eu vivesse ou que eu achava que outras pessoas queriam que eu vivesse. E provavelmente ditado e dirigido de várias maneiras pelo futebol.”

Em 2020, outro árbitro teve uma atitude parecida na Noruega. Em uma entrevista ao jornal "Glamdalen", Tom Harald declarou publicamente que é homossexual.

A tentativa de desintoxicação do ambiente do futebol tem partido também do atletas. No mês passado, Jake Daniels foi terceiro jogador profissional em atividade a se assumiu publicamente como homossexual. O inglês de 17 anos seguiu os exemplos do norte-americano Collin Martin (2018, agora atua nos San Diego Loyal) e do australiano Joshua Cavallo (2021, está nos Adelaide Unietd).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos