Áustria supera primeira fase do desconfinamento com o vírus sob controle

Consumidores de máscara aguardam em fila para entrar em uma loja de departmento em Viena, Áustria, em 4 de maio de 2020

A Áustria celebrou nesta terça-feira (5) o fato de ter superado a primeira fase do desconfinamento sem o aumento das infecções pelo coronavírus e vai prosseguir com as medidas de flexibilização das restrições.

"A primeira etapa foi bem administrada" declarou o ministro da Saúde, Rudolf Anschober, em coletiva de imprensa. O desconfinamento teve início em 14 de abril com a reabertura de várias categorias de comércios, que permaneceram fechados por um mês.

"A situação é estável, tomamos as decisões certas no momento adequado" acrescentou Anschober.

O aumento diário de novos casos, que chegou a 50% quando as restrições foram impostas, foi reduzido para 0,2%.

O conjunto dos comércios abriu no sábado na Áustria, um dia depois que as limitações às saídas foram suspensas. Vários trabalhadores retornaram a suas empresas desde o início da semana, embora o trabalho remoto continue sendo incentivado. O uso dos transportes públicos aumentou consideravelmente.

A Áustria, país governado por uma coalizão de conservadores e Verdes, registra até o momento 15.569 casos positivos do novo coronavírus, dos quais 2.107 são casos ativos, e 606 mortes, para uma população de 8,8 milhões de habitantes.

Os austríacos devem atualmente usar máscaras em comércios e transportes públicos, além de respeitar as medidas de distância social em locais fechados.