É bom DiCaprio ficar de boca fechada, diz Bolsonaro após fala do ator sobre eleição

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, D,F 28.04.2022 - O presidente Jair Bolsonaro (PL) durante discurso para vereadores na Marcha dos Legislativos Municipais, em Brasília. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, D,F 28.04.2022 - O presidente Jair Bolsonaro (PL) durante discurso para vereadores na Marcha dos Legislativos Municipais, em Brasília. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta terça-feira (3) para o ator Leonardo DiCaprio, crítico ao seu governo, "ficar de boca fechada".

Ele já havia tentado polemizar com DiCaprio no Twitter, respondendo ironicamente a uma publicação do ator incentivando brasileiros a tirarem o título de eleitor.

A provocação em rede social repete estratégia de Bolsonaro feita com Anitta no mês passado, quando o chefe do Executivo respondeu a uma publicação da cantora e foi bloqueado por ela, que é declaradamente crítica ao seu governo.

O ator entrou na campanha nas redes sociais para incentivar jovens brasileiros a tirar o título de eleitor, cujo prazo se encerra nesta quarta-feira (4). Na terça, ele chegou a escrever em português no Twitter.

"O DiCaprio tem que saber que a própria presidente da OMC falou que, sem o agronegócio brasileiro, o mundo passa fome. Então, é bom o DiCaprio ficar de boca fechada aí ao invés de ficar falando besteira por aí", afirmou Bolsonaro a apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro relembrou que DiCpario havia compartilhado, em 2019, uma fotografia desatualizada para falar sobre queimadas na Amazônia. À época, os dois tiverem embate público e Bolsonaro acusou-o de financiar queimadas criminosas no Brasil, o que o ator rechaçou.

A política ambiental do governo Bolsonaro é criticada por ambientalistas pelo aumento no desmatamento e nas queimadas.

A declaração sobre o ator ocorreu em meio a uma conversa do presidente com apoiadores, em que Bolsonaro defende o agronegócio brasileiro e diz que "somos exemplo para o mundo".

No mês passado, o presidente já havia compartilhado uma publicação da Anitta, também de forma irônica.

A cantora, que tem 16,8 milhões de seguidores no Twitter, bloqueou Bolsonaro e disse que a estratégia dele é ganhar relevância e repercussão na rede social, uma vez que ela tem mais do que o dobro de seguidores que ele.

DiCaprio tem 19,6 milhões de seguidores, patamar superior ao de Anitta.

Já a página oficial de Bolsonaro no Twitter é acompanhada por 7,8 milhões de usuários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos