É #FAKE que Doria evitou Coronavac e foi flagrado na fila da vacina da Pfizer

·2 minuto de leitura

Circula pelas redes sociais um post com a foto do governador de São Paulo, João Doria, e da primeira-dama, Bia Doria. A imagem é acompanhada de legenda que diz que Doria, "grande artífice da chegada da Coronavac, a vacina chinesa, estava entre os primeiros da fila para receber a vacina da Pfizer". É #FAKE.

Doria não tomou a vacina da Pfizer, e sim, a Coronavac, no último dia 7 de maio. O fato foi amplamente noticiado. Doria foi vacinado pela primeira pessoa imunizada contra a Covid-19 no Brasil, a enfermeira Mônica Calazans. Doria tinha tomado a vacina da gripe no final de abril, e aguardava o término do intervalo vacinal para poder tomar a primeira dose.

Consultada sobre a mensagem falsa, a assessoria do governador reforça que se trata de uma fake news e lista os links para o vídeo e a foto no Instagram em que o governador mostra o certificado em que consta claramente a palavra Butantan no campo "fabricante".

O boato se aproveita da foto de Doria na fila, verdadeira e que consta de seu perfil verificado no Twitter, para criar a narrativa falsa. Na mesma rede social também é possível ver a foto em que ele mostra o certificado da vacina e o vídeo em que é vacinado.

Histórico da CoronaVac

A gestão de João Doria foi responsável por articular a parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac para a produção da CoronaVac, vacina contra a Covid.

O acordo foi anunciado em junho de 2020. Após uma série de disputas políticas entre o governo federal e o paulista, a vacina foi aprovada para uso emergencial pela Anvisa e se tornou o principal imunizante do Programa Nacional de Imunização.

O Butantan entregou mais de 43 milhões de doses ao Ministério da Saúde, das 46 milhões previstas no primeiro contrato com o governo federal. O instituto é responsável pela etapa final de produção da vacina, que consiste no envase, rotulagem e testes de qualidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos