É #FAKE que foto mostre multidão em protesto contra fraude eleitoral nos EUA e em favor de Donald Trump

Roberta Pennafort, CBN
·1 minuto de leitura
Reprodução
Reprodução

Uma foto de uma multidão em Washington tem sido bastante compartilhada na internet. Mensagens que a acompanham dizem que se trata de um protesto pró-Donald Trump e contra uma alegada fraude eleitoral nas eleições norte-americanas. É #FAKE.

A foto mostra uma área central da capital dos Estados Unidos, perto do Congresso, totalmente lotada. A legenda diz que se trata de um registro do dia 14 de novembro, da “Marcha pare o roubo eleitoral”. Mas a foto, na verdade, retrata a “Women’s march onWashington” (Marcha das mulheres), realizada em 21 de janeiro de 2017.

A mobilização não foi pró-Trump. Pelo contrário. O presidente, na verdade, era o alvo do protesto. O movimento era em defesa dos direitos das mulheres, da população LGBT e de imigrantes e foi convocado para o dia seguinte da posse dele como presidente. Mais de um milhão de pessoas participaram do protesto em DC. As manifestações se estenderam a outras cidades nos EUA.

É fato que no último dia 14 foi realizado um protesto de apoiadores de Trump contra o que eles acreditam se tratar de uma fraude eleitoral. Mas o número de participantes foi estimado em 10 mil pessoas pela imprensa local, muito menor do que no evento de 2017. A vitória de Joe Biden foi definida no dia 7 pela imprensa norte-americana.

Passadas duas semanas das eleições, não há qualquer indício de que os democratas tenham fraudado as eleições. Um levantamento feito pelo jornal "The New York Times" com base em relatos de autoridades eleitorais dos 50 estados norte-americanos revela que não foram encontradas provas de irregularidades na disputa.