É #FAKE que Lula admitiu derrota em discurso de 1º de maio de 2022

Circula pelas redes sociais postagens com a informação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria admitido derrota nas eleições presidenciais durante discurso para manifestantes no ato do Dia do Trabalhador na cidade de São Paulo, em 1º de maio de 2022. É #FAKE. A íntegra do discurso realizado em São Paulo mostra que Lula em nenhum momento admitiu estar derrotado.

A mensagem falsa diz: "ACABOU! Lula admite DERROTA em discurso de 1º de Maio. O discurso de Lula que era para ser às 12:00hs foi mudado para às 13:00 e só começou às 15:30. Tudo porque não tinha gente o suficiente. No discurso Lula diz que ainda não é candidato. Ele disse: 'só dia 7 eu vou ser pré-candidato'. Será que já arregou?".

Durante o ato, o que o ex-presidente disse, na verdade, é que não poderia se apresentar oficialmente como postulante ao cargo de presidente e que apenas faria isso após o lançamento oficial da pré-candidatura, em 7 de maio.

— Eu ainda não sou candidato. Só dia 7 eu vou ser pré-candidato. Mas se preparem porque alguém melhor que esse presidente (Jair Bolsonaro) vai ganhar as eleições e aí ao invés de xingar presidente na rua vocês vão ser convidados para sentar numa mesa de negociação — disse Lula aos trabalhadores presentes na manifestação.

Veja o discurso na íntegra:

Conforme as regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato deve ser escolhido em convenções partidárias que podem ocorrer a partir do dia 20 de julho. O registro pode ser apresentado à Justiça Eleitoral em seguida, com prazo máximo até o dia 15 de agosto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos