É #FAKE que Mark Zuckerberg anunciou que Facebook, Instagram e WhatsApp ficarão 7 dias seguidos fora do ar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — Circula peles redes sociais um comunicado atribuído ao CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, com a afirmação de que o Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger ficarão fora do ar por sete dias, contados a partir desta quarta-feira. É #FAKE.

A mensagem teria sido supostamente publicada no perfil oficial de Zuckerberg no Facebook. Na página, porém, não há qualquer menção à ação. A postagem mais recente citando as quatro redes é de 4 de outubro, quando o empresário se desculpou pela falha que deixou todos os produtos da empresa fora do ar por mais de seis horas.

Procurado, o Facebook reforçou que se trata de uma imagem falsa: "Qualquer pessoa pode ver acessando a página do Mark Zuckerberg', informa.

Na última declaração sobre a falha, publicada na terça-feira, Zuckerberg ressaltou que a empresa está trabalhando para fortalecer o sistema e evitar que problemas com o desta semana se repitam.

"Passamos as últimas 24 horas avaliando como podemos fortalecer nossos sistemas contra esse tipo de falha. Esse também foi um lembrete de quanto nosso trabalho é importante para as pessoas. A preocupação mais profunda com uma interrupção como essa não é quantos mudam para serviços da concorrência ou quanto dinheiro perdemos, mas o que isso significa para aqueles que dependem de nossos serviços para se comunicar com seus entes queridos, administrar seus negócios ou apoiar suas comunidades", escreveu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos