É #FAKE que quase toda a população de Serrana já foi imunizada e ainda assim mortes por Covid-19 explodiram na cidade

Gabriel Gabira, TV Globo
·2 minuto de leitura

Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que o projeto de vacinação em massa da população maior de 18 anos de Serrana, no interior de SP, contra a Covid-19 foi concluído e o resultado é preocupante. A publicação diz que 96% da população foi imunizada com a Coronavac e, junto do boletim epidemiológico da cidade, sugere que as mortes estão aumentando por causa disso. A mensagem é #FAKE.

Segundo o Instituto Butantan, idealizador do Projeto 'S', o estudo na cidade ainda não terminou e a mensagem é, portanto, falsa.

Até o momento, a vacinação geral alcançou 65,3% do público-alvo, ou seja, 28.380 pessoas. Já os que tomaram a segunda dose, foram 18.535 voluntários. A previsão é que 100% da público-alvo do estudo seja imunizado com as duas doses apenas no dia 11 de abril.

Segundo a instituição, para que a imunização seja considerada completa, é preciso tomar as duas doses da vacina e aguardar 15 dias, o que ainda não ocorreu em Serrana. O sistema imunológico leva, em média, duas semanas para criar anticorpos neutralizantes, capazes de barrar a entrada do vírus nas células.

O número de mortes na cidade de Serrana, em março, porém, de fato foi o maior desde o começo da pandemia. Segundo o boletim publicado no site da Prefeitura de Serrana, 19 pessoas morreram de Covid-19. Porém, vale lembrar que março foi o mês mais letal da pandemia, não somente no estado de SP, mas também em todo o país.

Procurado, o Instituto Butantan informa que “é maldosa e leviana qualquer informação que circule sugerindo que as vacinas que estão sendo aplicadas pelo Butantan no projeto Serrana não estão surtindo efeito ou concorrendo para o aumento de mortes”.

O Instituto ainda faz um apelo e diz que “a vacina do Butantan é segura e eficaz e é a que está sendo aplicada hoje em 90% dos brasileiros". "É preciso, ainda, aguardar e manter as regras sanitárias. E também fugir das notícias falsas.”

Procurada, a Prefeitura de Serrana ressalta que “a vacinação não foi concluída". "Tudo o que se disser agora de Serrana é especulação.”

A cidade de Serrana, que, segundo o IBGE, tem 45.844 habitantes, foi escolhida para participar do Projeto 'S', um estudo inédito do Instituto Butantan que visa analisar o efeito da Coronavac quando aplicada em populações inteiras. A pesquisa entra na última fase de imunização a partir de quarta-feira (7) e é um ensaio clínico escalonado para avaliar a efetividade da vacina aplicada em massa com o vírus desativado para comprovar se o imunizante é capaz de interromper a transmissão da doença. A participação da população é voluntária.