É #FAKE que vídeo mostre Eduardo Bolsonaro sendo agredido por multidão na rua

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — Circula pelas redes sociais o vídeo de um homem sendo agredido por um grupo de pessoas na rua. Legendas dizem que o alvo dos socos e pontapés é o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). É #FAKE.

O vídeo, na verdade, mostra uma confusão envolvendo lojistas do Shopping Parque das Feiras, em Toritama (PE), no dia 3 de novembro. Conforme veículos de comunicação locais, comerciantes protestavam contra a mudança na localização do estacionamento do centro comercial e acabaram agredindo um advogado que representava o estabelecimento.

O mesmo vídeo também foi compartilhado com a legenda de que o alvo das agressões era o prefeito de Toritama, o que foi desmentido pela assessoria do governo municipal. Na verdade, o político nem esteve no local.

"É falsa a informação que durante um protesto ocorrido na quarta-feira, 3/11, no estacionamento do Shopping Parque das Feiras, o prefeito de Toritama, Edilson Tavares, foi agredido por integrantes do movimento. A verdade é que em nenhum momento o prefeito Edilson Tavares esteve presente neste protesto e as agressões físicas que ocorreram envolveram os comerciantes e o advogado do Parque das Feiras, assim como mostram as imagens de vídeos que circulam na internet. Informamos também que o homem de camisa branca que sofreu as agressões é o advogado do Shopping Parque das Feiras", diz a nota.

Eduardo Bolsonaro estava em Brasília neste dia. Além de compartilhar nas redes compromissos no gabinete, o político marcou presença na sessão deliberativa realizada na Câmara dos Deputados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos