É hoje! Confira ruas bloqueadas e as regras para evitar aglomerações no Réveillon em Copacabana, Ipanema, Leblon, Barra e Recreio

O Globo
·8 minuto de leitura

RIO — No Réveillon da pandemia, não vai ter queima de fogos, nem shows na praia. E o acesso à orla, do Leme ao Recreio, no Pontal, será controlado através de 54 pontos de bloqueio. Entre as 20h desta quinta-feira — quando tradicionalmente as praias começam a lotar, sobretudo a de Copacabana — e as 3h desta sexta-feira, ônibus e vans não poderão mais entrar na região. De quebra, a medida, além de conter as multidões que se juntam à beira-mar na virada do ano, terá efeito sobre as festas particulares. A ideia é desencorajar as pessoas a saírem de casa, em meio à pandemia, para grandes reuniões familiares.

Na Zona Sul, só moradores, pessoas que trabalham na região e hóspedes de hotéis poderão entrar de carro nas áreas restritas dos bairros durante o fechamento. Todos terão que apresentar comprovante. Na Barra, a regra vale para apenas para a orla. Além do controle da circulação, o metrô, serviço mais usado nesta época do ano, deixará de circular às 20h desta quinta-feira, voltando às 7h do dia seguinte. A Polícia Rodoviária também está de prontidão nos acessos à cidade desde esta quarta-feira, para barrar ônibus e vans de excursão. A Secretaria de Ordem Pública (Seop) promete agir para impedir que pessoas durmam na areia para o ritual de “bom dia ao sol’’, comum no primeiro amanhecer do ano em réveillons passados.

Multa de R$ 15 mil

Desde o primeiro minuto desta quinta-feira, não está sendo permitido estacionar na orla e em algumas ruas internas dos bairros, assim como ao redor da Lagoa, em um esquema que será mantido até este sábado. A partir das 20h, será possível entrar nos bairros a pé ou de bicicleta. De táxi (veículos de aplicativos estão vetados), o acesso só será liberado se os passageiros apresentarem comprovante de que são moradores, hóspedes de hotel ou que vão a algum evento autorizado. O coordenador do Centro de Operações Rio (COR), Alexandre Caderman, destaca que as medidas rígidas, que podem afetar até as reuniões em família, visam a conter o avanço do vírus:

— A melhor homenagem que podemos fazer para as 190 mil vítimas do coronavírus é deixar a orla de Copacabana vazia.

Nem tudo, no entanto, está proibido. Alguns eventos, festas e shows serão permitidos em hotéis, bares e restaurantes com alvará definitivo para essas atividades. A prefeitura alega que, para obter as licenças, esses estabelecimentos têm que cumprir regras rigorosas de higiene e isolamento social. Normas que são mais difíceis de serem seguidas em clubes e quiosques, que estão proibidos de promover celebrações. Os ambulantes licenciados para atuar na areia também não terão quaisquer restrições, mas não poderão ficar em pontos fixos.

O município não soube informar quantos estabelecimentos licenciados realizarão eventos na virada do ano. Mas disse que monitora redes sociais e, caso detecte festas não autorizadas, os organizadores serão advertidos de que estão sujeitos à multa de R$ 15 mil, que pode ser dobrada em caso de reincidência.

Confira o que está proibido:

Queima de fogos em toda a extensão da orla da Cidade do Rio de Janeiro, inclusive pela rede hoteleira, a partir das 0h do dia 30 de dezembro de 2020 até as 07h da manhã do dia 01 de janeiro de 2021.A realização de festas privadas, shows ou qualquer evento ao longo da orla, pelos quiosques, seja na areia ou no calçadão, inclusive a colocação de grades e segregação de espaço (cercadinhos).A entrada na cidade de ônibus, micro-ônibus e vans de fretamento, a partir do primeiro minuto do dia 30 de dezembro de 2020 até as 6h da manhã do dia 01 de janeiro de 2021,Acessos viários bloqueados à orla da cidade do Rio de Janeiro, inclusive de veículos de entrega (delivery, carga e descarga), a partir das 20h do dia 31 de dezembro de 2020 até as 03h do dia 01 de janeiro de 2021A circulação de transportes públicos coletivos (ônibus, BRT, micro-ônibus e vans) nos acessos à orla do Rio de Janeiro, a partir das 20hs do dia 31 de dezembro de 2020 até as 03h do dia 01 de janeiroO estacionamento de veículos automotores particulares em toda a extensão da orla do Rio, no dia 31 de dezembro de 2020, permanecendo a proibição de estacionamento nos finais de semana e feriadosPermanência de barraqueiro em ponto fixo na areia da praia e no calçadão em toda a extensão da orla do Rio, a partir do primeiro minuto do dia 31 de dezembro de 2020 até as 06h do dia 01 de janeiro de 2021A utilização de qualquer tipo de equipamento de som em toda a extensão orla da Cidade do Rio de Janeiro, a partir do primeiro minuto do dia 31 de dezembro de 2020 até as 06h do dia 01 de janeiro de 2021, inclusive na faixa de areia, nos quiosques e no calçadão

Liberado com restrições:

Estão permitidas apenas a circulação dos veículos na orla do Recreio ao Leme:

Veículos de moradores e hóspedes: Moradores deverão apresentar comprovante de residência. Hóspedes de hotéis deverão apresentar a reserva, ingresso, voucher ou carta de confirmação emitida pelo hotel em papel timbrado; eTransporte de empregados: Os empregados dos estabelecimentos situados nas áreas bloqueadas deverão apresentar crachá, carteira de trabalho ou carta de comprovação do trabalho com timbre;Veículos de idosos e de pessoas com deficiência física também serão permitidos, desde que estacionados nas vagas regulamentadas, portando cartão de identificação, conforme regulamentação existente;Está assegurado o funcionamento de estabelecimentos que possuem em seu alvará atividade compatível com a realização de eventos, tais como casas de shows e espetáculos e boates. Desde que tenham concessão de autorizações ou licenças para esse fim, seguindo as regras de Ouro

Confira as ruas com bloqueio

O tráfego de veículos estará restrito, das 20h do dia 31de dezembro de 2020 às 3h do dia 1º de janeiro de 2021, nos seguintes bairros.

Copacabana

O acesso à Copacabana será restrito. Só estarão liberados moradores, hóspedes ou empregados de hoteis, com comprovantes. Haverá bloqueios nas seguintes ruas.

Avenida Vieira Souto, na intersecão com Rua Francisco OtavianoRua Gomes Carneiro, com Rua Bulhões de CarvalhoRua Bulhões de Carvalho, com Rua Joaquim Nabuco; Avenida Rainha Elizabeth da Bélgica; Rua Júlio de CastilhosAvenida Epitácio Pessoa, pista sentido Túnel Rebouças, com Avenida Henrique Dodsworth e Rua Professor Gastão BahianaAvenida Epitácio Pessoa, pista sentido Ipanema, na agulha de acesso da Avenida Henrique Dodsworth

Botafogo:

Confira as ruas de acesso à Copacabana que também serão bloqueadas a partir das 20h do dia 31 e liberadas a partir das 3h do do dia 1º de janeiro

Rua Real Grandeza, com Rua Mena Barreto; Rua Pinheiro Guimarães e Rua Dr. Sampaio CorreiaAvenida das Nações Unidas, após o acesso a Rua Professor Álvaro Rodrigues, junto a Praça Pimentel DuarteAvenida das Nações Unidas, próximo à passarela em frente ao Centro Empresarial Mourisco e na interseção com a Praia de Botafogo (Praça Nicarágua)Avenida Repórter Nestor Moreira, retorno em frente ao Clube GuanabaraAcesso ao Túnel do Pasmado, procedente do Viaduto Carlota JoaquinaRetorno ao lado do Viaduto Pedro Álvares Cabral (junto ao Centro Empresarial Mourisco)Rua General Severiano, na interseção com a Praça Engenheiro Bernardo Saião, em ambos os lados da Avenida Lauro SodréRua da Passagem, na interseção da Rua Arnaldo Quintela / Rua General SeverianoAvenida Lauro Sodré, na interseção com Rua General Góes Monteiro. XV - Rua Lauro Muller, em frente ao Shopping Rio SulAvenida Carlos Peixoto, no acesso à Ladeira do Leme e após a entrada do estacionamento G5 do Rio SulPraia de Botafogo, pista sentido Centro, na alça de retorno à Copacabana em frente à Rua Professor Alfredo Gomes

Ipanema:

Av. Vieira Souto, os seguintes acessos também sofrerão restrições a partir das 20h:

Av. Rainha Elizabeth da Bélgica e Rua Teresa AragãoR. Gomes Carneiro e Rua Prudente de MoraisR. Farme de Amoedo x Rua Prudente de MoraisRua Maria Quitéria e Rua Prudente de MoraisRua Garcia D’Ávila e Rua Prudente de MoraisAv. Henrique Dumont e Rua Prudente de MoraisR. Paul Redfern e Rua Prudente de Morais

Leblon:

Avenida Delfim Moreira terá restriçõesnos seguintes acessos:

Av. Borges de Medeiros x Praça Alm. Belfort VieiraAv. Afrânio de Melo Franco x Av. Gen. San MartinRua Almirante Guilhem x Av. Gen. San MartinR. José Linhares x Av. Gen. San MartinR. João Líra x Av. Gen. San MartinRua General Venâncio Flôres x Av. Gen. San MartinR. Gen. Artigas x Av. Gen. San MartinR. Aristides Espínola x Av. Gen. San MartinPraça Atahualpa (Rua Jerônimo Monteiro) x Av. Del m Moreira j) Av. Del m Moreira x Av. Visconde de Albuquerque

Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes:

Restrições também na AV. Lucio Costa, nos seguintes acessos:

Av. Érico Veríssimo x Av. do PepêPraça São Perpetuo x Av. Arquiteto Afonso ReidyR. Cel. Eurico de Sousa Gomes Filho x Av. Arquiteto Afonso ReidyEurico Souza Gomes Filho x Paranhos AntunesAv. Evandro Lins e Silva nos retornos para Av. Afonso Arinos de Melo FrancoAv. das Américas pista lateral sentido Zona Sul no acesso a Av. Ayrton Senna sentido praiaAv. Ayrton Senna pista sentido praia no retorno próximo ao Condominio AlfabarraAv. Alfredo Balthazar da Silveira x Av. Pedro MouraAv. Glaucio Gil x R. Prof. Hermes de LimaEstrada do Pontal x Av. Gilka Machado