'É minha entrega que paga meu salário', diz Ícaro Silva ao refutar Tiago Leifert

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.08.2019 - Ator Ícaro Silva durante a sessão VIP do musical
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.08.2019 - Ator Ícaro Silva durante a sessão VIP do musical

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Ícaro Silva publicou nesta quarta (22) no Instagram um texto em resposta ao apresentador Tiago Leifert. Na publicação, ele refutou a afirmação do jornalista de que o sucesso do BBB pagou o seu salário. "É minha entrega que paga meu salário."

Ícaro afirmou também que Leifert não conseguiria compreender as dificuldades enfrentadas por ele no show business. "Possivelmente você nunca vai entender isso, mas para uma pessoa preta e queer estar em destaque, contratada ou empregada ela precisa ser realmente excelente", escreveu.

"Então, não tem como você estar pagando meu salário, Tiago. Não fossem meu talento, minha história, minha trajetória, uma luta filha da puta diária e essa cara bonita eu acho que nem vivo estaria", completou no longo texto.

A briga começou quando Ícaro publicou na segunda (20), no Twitter, que não participaria da próxima edição do BBB por considerar o programa um "entretenimento medíocre". "Gente, respeita minha história, minha trajetória, meu ódio por entretenimento medíocre e minha repulsa por dividir banheiro e parem de acreditar nessa história absurda de que eu cogitaria ir para o Big Boster Brazil", escreveu.

Em resposta na terça (21) no Instagram, Leifert afirmou que Ícaro não fez uma crítica construtiva ao programa, mas um ataque gratuito a quem nunca fez mal ao ator. "Aliás, não só não te fizemos mal como provavelmente pagamos o seu salário nessa última aê!", escreveu o ex-apresentador do BBB.

"Achar que o que você faz é superior não é baseado em fatos, é arrogância mesmo. Nenhuma métrica é capaz de dar embasamento ao que você escreveu: Nem audiência, faturamento, repercussão, relevância etc", disse Leifert.

Na publicação desta quarta (22), Ícaro Silva, que fez parte do elenco de "Verdades Secretas 2", afirmou que ficou envaidecido por ter provocado uma reação em forma de texto nas redes sociais do jornalista, "o que não ocorreu nos casos de racismo, intolerância religiosa, misoginia, homofobia e abuso sexual no programa que você apresentava", escreveu.

"Impressionante como tem coisa que passa e outras que interrompem nosso sossego, né?", ironizou. Ele completou que sua vaidade esmaeceu quando viu que a réplica de Leifert "é baseada no fetiche monetário dos meninos comuns". Neste ponto, ele insinuou que o apresentador só conseguiu ter sucesso por ter um parente na Globo -Gilberto Leifert, pai do apresentador, trabalhou na Globo por 30 anos, de 1988 até 2018.

"Eu conheci muitos garotos na minha vida que pautavam suas opiniões na lógica sistemática do dinheiro. Garotos sem nada especial. Nem talento, nem beleza, nem nada, mas que tinham a aparência e a submissão adequadas, além de um parente no lugar certo, sabe? Acho que você sabe."

O ator lembrou ainda que não falou de todos os reality shows e que, inclusive, se destacou ao participar de um deles, o quadro Show dos Famosos no Domingão do Faustão, em 2017. Na época, o artista se destacou ao se apresentar como Beyoncé.

"Imagino que sapatênis sejam confortáveis, mas eu literalmente tive que colocar salto alto, colant, peruca e performar como a maior diva do entretenimento na história para que o país começasse a olhar para mim. E isso porque eu já tinha 22 anos de carreira na época. É que meu pai é funcionário público, sabe? Acho que não sabe."

Ícaro afirmou ainda que não quis ofender os participantes do reality show. "Eu respeito profundamente a trajetória de quem esteve em reality shows e soube daí se impulsionar na direção dos seus sonhos", disse. No entanto, ele manteve a crítica: "Minha opinião, expressa, confesso, com certa raiva, diz respeito à cultura da exposição e exploração humanas ao extremo da qual sobrevivem os reality shows de confinamento."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos