É montagem o vídeo de Lula “confessando” que o PT é uma organização criminosa e ofendendo Dilma

Um vídeo compartilhado mais de 12 mil vezes em julho de 2022 nas redes sociais garante mostrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confessando que o Partido dos Trabalhadores foi criado para ser uma organização criminosa. No vídeo, que circula desde 2017, Lula também parece dizer que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) era “cretina” e “mentirosa”. Mas esse conteúdo é uma montagem feita a partir de uma entrevista do ex-mandatário.

“Lula bêbado confessa tudo”, é possível ler no vídeo compartilhado no Twitter, Facebook, TikTok, YouTube e Kwai.

Na sequência, que circula desde 2017, o ex-presidente teria dito: "Então quando um presidente viaja, sabe, o país, viaja o Brasil, às vezes mente. Às vezes fala: olha tá acontecendo, e não tá acontecendo”. E logo adiciona: “A Dilma era cretina, maldosa, mentirosa, safada”, e “as pessoas sabiam que o PT foi criado para ser organização criminosa”.

Captura de tela feita em 16 de julho de 2022 de uma publicação no Twitter ( . / )

Em determinado momento, o ex-presidente Lula (2003-2010) se dirige a um dos homens que o entrevista como Edson. Uma busca no Google pelas palavras-chave “Lula entrevista Edson”, filtrando apenas por resultados do ano de 2017, localizou o vídeo original publicado no perfil oficial do ex-mandatário no Facebook.

Ao analisar a íntegra da entrevista, também publicada no YouTube por outro canal, o AFP Checamos constatou que as declarações, feitas em momentos distintos, foram editadas e colocadas em sequência no vídeo viralizado.

A entrevista ocorreu em 25 de outubro de 2017, em Teófilo Otoni, Minas Gerais, durante a caravana “Lula pelo Brasil”. O ex-mandatário participou do programa “Correspondente Ramos”, da Rádio Teófilo Otoni, e foi entrevistado por Edson Martins.

Captura de tela feita em 16 de julho de 2022 de uma transmissão ao vivo no Facebook ( . / )

Ao lado do ex-presidente estava o prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, também membro do Partido dos Trabalhadores (PT).

Veja a seguir alguns exemplos das falas atribuídas a Lula no vídeo viralizado e o que foi dito de fato na entrevista.

“Quando o presidente viaja o Brasil, às vezes mente”

Nesse primeiro exemplo, Lula teria supostamente dito que ao viajar pelo país às vezes é preciso que um candidato minta.

Mas essa afirmação viralizada é composta por vários trechos de falas suas, reproduzidas na íntegra a seguir. Em negrito estão as frases que foram usadas em seu contexto original:

“Então, quando um presidente, um governador, viaja, sabe, o país, viaja o Brasil, ele vai conhecendo coisas que não chegam aos ouvidos deles quando eles ficam dentro do palácio”, disse.

Em seguida, adiciona: “‘Puxa-saco’ não está a fim de falar de notícia ruim, ‘puxa-saco’ às vezes mente, às vezes diz ‘olha tá acontecendo’ e não tá acontecendo.

“Dilma era cretina, maldosa e mentirosa”

Segundo o vídeo viralizado, Lula também teria dito que a ex-presidente Dilma Rousseff (2011-2016) era “cretina, maldosa, mentirosa, safada”.

Essa fala foi forjada no vídeo viralizado a partir de um recorte do momento da entrevista no qual Lula falava sobre o processo de impeachment pelo qual sua sucessora passou em 2016.

Veja a seguir as falas originais, cujas frases que compõem o trecho montado estão em negrito.

“Transformaram a mentira em verdade no Congresso Nacional, a imprensa engoliu as mentiras, a Dilma foi cassada. Porque a Dilma era o ‘mal do Brasil’ e o PT ‘era o mal do Brasil’. E colocaram o Temer, e nós estamos vendo o que tá acontecendo no Brasil hoje”, indicou. E acrescentou: “Com a possibilidade de eu voltar a ser candidato a presidente seriam mais quatro, seriam 20. E sempre com a possibilidade de se reeleger, e seriam 24. E eles entraram em pânico. E fizeram essa guerra cretina, maldosa, mentirosa, safada contra a Dilma”.

“O PT foi criado para ser uma organização criminosa”

O vídeo viralizado insinua que Lula teria “confessado” que o Partido dos Trabalhadores foi criado para ser uma organização criminosa que ele lideraria.

Essa frase foi forjada a partir de falas proferidas pelo ex-mandatário e tiradas de contexto quando comentava sobre a Operação Lava Jato.

Confira abaixo as frases originais ditas por Lula que compõem os trechos do vídeo viralizado:

“Portanto, se o Ministério Público é poderoso e se é necessário ao garante, os membros do Ministério Público têm que ser responsáveis. Vocês não podem achincalhar o nome de ninguém com denúncias vazias, que depois não prova nada mas a imagem da pessoa já está desgastada, já está queimada. Tem gente que não consegue mais sair na rua. Eles só deram azar de mexer comigo, que não tenho rabo preso, afirmou.

Depois, adicionou: “Aquele Power Point que aquele tal de DallAgnol [ex-coordenador da operação Lava Jato] apresentou há uns dois anos atrás, um ano e meio atrás na televisão que o PT foi criado para ser uma organização criminosa, e que o Lula precisava ganhar as eleições (...) e que eu era o chefe porque eu era o mais importante. Ele pode ter pensado aquilo da família dele, não do meu partido”.

Parte desse conteúdo já havia sido analisado pelo Checamos em 2019.

Postagens semelhantes foram checadas pelo Estadão Verifica e Aos Fatos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos