Éder Militão curte férias no Brasil e Karoline Lima está prestes a parir na Espanha: rumores apontam separação do casal

São cada vez maiores os rumores de uma separação entre Éder Militão e Karoline Lima. O relacionamento do jogador do Real Madrid e da seleção brasileira e da influenciadora digital está passando por uma crise desde que os dois retornaram de Ibiza, na Espanha, no começo de junho. Karol está em Madri, no nono mês de gestação da primeira filha, Cecília, que pode nascer a qualquer momento. Após passar alguns dias em Miami, Militão está em São Paulo.

Segundo pessoas próximas à influenciadora, ela está bastante deprimida com tudo o que vem passando nos últimos dias. "Ela está oscilando muito e se sentindo bem sozinha. A família dela está no Brasil, ainda não pode viajar para estar lá com ela, e só tem uma amiga lá. Ele, como se sabe, está de férias e agora no Brasil", conta a fonte.

Éder Militão passou alguns dias em Miami na companhia de Ronaldinho Gaúcho e do irmão Roberto Assis. Ele foi convidado pelo ex-jogador para um amistoso beneficente nos Estados Unidos e Karoline não gostou nada da ausência do namorado, que, de acordo com ela própria, “poderia ser encontrado nas melhores baladas de Miami”. O que foi comprovado com um vídeo que circulou nas redes sociais dele entrando numa boate.

Em vez de voltar para a Espanha, Éder esticou a viagem e está em São Paulo, onde assistiu à uma partida de futebol no estádio do Morumbi e foi ao dentista. O jogador é esperado nos três dias de festa que Vinicius Jr., seu companheiro de time, dará no Rio de Janeiro.

Há dois dias, Karoline decidiu posar para mais um ensaio de gestante e sem a presença do pai de sua filha. Entre as fotos postadas, ela abriu uma caixa de perguntas em seus stories no Instagram e deu mais pistas de que a relação chegou ao fim antes mesmo do nascimento de Cecília. Ele não curtiu ou comentou qualquer registro da namorada:

"Antes, eu só pensava em mim, era egoísta e egocêntrica. Mas graças a Deus, a descoberta da Cecília na minha vida me mudou completamente. Hoje, antes de fazer qualquer irresponsabilidade, tenho que pensar se posso, se devo, se me cabe. Por ela. E, mesmo assim, muitas vezes errei em não priorizar minha filha, passando nervoso por aí. Tenho uma criança na barriga encaixada, quase vindo ao mundo. Se isso não muda as atitudes dos pais, não sei mais o que poderia mudar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos