Édouard Mendy, goleiro do Chelsea, passa por cirurgia após sofrer lesão em treino

Mais uma baixa no Chelsea. O clube inglês anunciou, na manhã deste sábado, que o goleiro Édouard Mendy foi submetido a uma cirurgia após fraturar o dedo durante um treinamento desta semana. Em nota oficial, os Blues informaram que ele trabalhará com o departamento médico do time durante a fase de reabilitação, mas não divulgaram por quanto tempo o senegalês ficará afastado dos gramados.

Mendy disputou a última Copa do Mundo pela seleção de Senegal, mas ele já não estava sendo escalado para nenhum dos jogos do Chelsea desde que voltou do Catar devido a um problema no ombro, e agora foi descartado após machucar o dedo. O goleiro espanhol Kepa Arrizabalaga assume a titularidade.

Nesta temporada, o goleiro senegalês começou como titular enquanto o treinador do Chelsea ainda era o alemão Thomas Tuchel, mas quando Graham Potter assumiu o time, ele foi perdendo o prestígio e amargou o banco de reservas em algumas partidas. Mendy jogou 11 partidas e só conseguiu ficar sem sofrer gols em uma oportunidade, contra o Everton na primeira rodada do Campeonato Inglês.

Com a lesão, o time de Londres acumula oito jogadores lesionados: Armando Broja, Ben Chilwell, Wesley Fofana, Reece James, N'Golo Kanté, Loftus-Cheek, Mason Mount e Édouard Mendy. Além deles, Sterling e Pulisic foram substituídos machucados durante a partida contra o Manchester City, na última quinta-feira.