Ídolo do basquete, Manu Ginobili acorda às 4h para ver jogo da Argentina, que perde na estreia: 'Como vai ser difícil'

Um dos maiores ídolos recentes do esporte na Argentina, o ex-jogador da NBA Manu Ginobili compartilhou em suas redes sociais o esforço para acompanhar a seleção do seu país na estreia da Copa do Mundo do Catar.

Assim como a maioria dos argentinos, Ginobili teve de acordar cedo para assistir à partida, que teve início às 4h, horário de início do jogo onde o atleta estava.

“Como vai ser difícil! Alarme às 4h da manhã para assistir Argentina e Arábia Saudita. Dolorido, mas vale a pena”, postou.

Outro ídolo do esporte local que usou as redes para incentivar a equipe foi o ex-tenista Juan Martín del Potro:

"Vai ser difícil dormir hoje com a ansiedade que aguentamos, o que acham?", publicou.

A estreia da Copa do Mundo não foi do jeito que a Argentina imaginava. Uma das favoritas para vencer o Mundial do Catar, a seleção comandada por Lionel Scaloni saiu do Estádio Lusail derrotada por 2 a 1 para a Arábia Saudita, apontada como o time mais fraco do grupo C da competição. Lionel Messi, de pênati, abriu o placar para os hermanos no primeiro tempo, mas, na segunda etapa, Al Shehri e Al Dawsari viraram para os sauditas.

Esta é a primeira vez que a Argentina perde um jogo de estreia em Copas do Mundo desde 1990. Por outro lado, a Arábia Saudita venceu pela primeira vez na história uma abertura de Mundial.