Ídolo do United e técnico de Gales, Ryan Giggs é detido por suspeita de agressão à namorada

Extra
·1 minuto de leitura
Mesmo caído, o galês Ryan Giggs tenta dominar a bola no gramado do Giuseppe Meazza
Mesmo caído, o galês Ryan Giggs tenta dominar a bola no gramado do Giuseppe Meazza

Ryan Giggs, ídolo do Manchester United e , foi detido no último domingo por suspeita de agressão à namorada, Kate Greville, de 30 anos. O galês saiu sob fiança, mas pode perder o cargo de técnico da seleção de País de Gales.

Em comunicado, a polícia inglesa confirma que foi chamada para um distúrbio às 22h05 da noite de domingo. "Uma mulher na casa dos 30 anos apresentou algumas lesões superficiais mas não requereu qualquer tratamento hospitalar e foi detido um homem de 46 anos" diz a nota da polícia.

Ryan Giggs foi interrogado na delegacia de Pendleton e saiu em liberdade horas mais tarde.

A federação galesa informou que está ciente do caso que envolve o técnico.