Índia permite exportações de 6 mi t de açúcar em 2022/23

Por Rajendra Jadhav e Mayank Bhardwaj

MUMBAI (Reuters) - A Índia aprovou neste sábado a exportação de seis milhões de toneladas de açúcar em 2022/23, em linha com as expectativas do mercado para a primeira parcela do ano.

A Índia exportou mais de 11 milhões de toneladas de açúcar em 2021/22, e a indústria esperava que Nova Deli permitisse exportações de oito a nove milhões de toneladas este ano, em duas parcelas.

A Índia é a maior produtora de açúcar do mundo e a segunda maior exportadora.

Representantes da indústria esperavam que o governo permitisse de cinco a seis milhões de toneladas na primeira parcela e poderia permitir mais de dois a três milhões de toneladas em uma segunda, com base na produção de açúcar.

Na notificação emitida neste sábado, o governo não especificou se permitiria uma segunda parcela, mas traders dizem que provavelmente permitirá, porque a produção do país deve atingir uma alta recorde pelo segundo ano consecutivo.

A Índia deve produzir cerca de 36,5 milhões de toneladas de açúcar na temporada que começou em 1º de outubro, disse um importante órgão do setor no mês passado.

(Por Rajendra Jadhav)