'007 - Sem tempo para morrer': fãs da franquia reclamam que filme terá quase três horas de duração

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

"007 - Sem tempo para morrer" será o filme mais extenso da franquia do agente secreto, com 163 minutos de duração (ou 2h43m). A notícia mexeu com os fãs de James Bond nas redes sociais, muitos deles apontando que o longa-metragem pode ser... longo demais.

"Sem tempo para morrer" será a última aparição de Daniel Craig como 007 e terá o vencedor do Oscar Rami Malek como vilão e a cubana Ana de Armas como Bond Girl.

Entre os comentários sobre a duração do filme, um fã no Twitter perguntou se o ingresso incluiria um "coquetel de intervalo" e se "eles adicionaram um minuto para cada semana de atraso". Vale lembrar que "Sem tempo para morrer" foi adiado diversas vezes, primeiro por mudanças criativas — o diretor será Cary Joji Fukunaga e Phoebe Waller-Bridge, uma das roteiristas — e depois por conta da pandemia.

"Eu não me importo com um Tarkovsky tendo duas horas e meia, nem com cinema lento. Mas eu quero coisas diferentes de um filme de James Bond", publicou outro fã.

Um terceiro levou a análise mais a sério: "Eu não sou contra filmes longos, mas um James Bond realmente precisa de três horas? 'A serviço de sua majestade' e 'Cassino Royale' certamente mereceram ser longos, mas este terá 20 minutos mais a do que esses".

Mas também teve quem defendesse: "Quer saber? Faça 'Sem tempo para morrer' com quatro horas. Eu não me importo. É o Bond, eu estarei lá", publicou um fã mais fervoroso.

"007 - Sem tempo para morrer" estreia no Brasil no dia 30 de setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos