10 astros da música e do cinema acusados de violência doméstica

Rafael Monteiro
·5 minuto de leitura
John Lennon, Johnny Depp e Nicolas Cage: todos eles foram acusados de agredir as suas companheiras (reprodução)
John Lennon, Johnny Depp e Nicolas Cage: todos eles foram acusados de agredir as suas companheiras (reprodução)

A violência doméstica é um crime que vitimiza mulheres no mundo inteiro. Em Hollywood e na música internacional, não faltam maus exemplos de homens que agrediram as suas companheiras e, quando não foram denunciados formalmente, acabaram admitindo os seus erros publicamente. Relembre 10 casos abaixo*:

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Caso você sofra com violência doméstica ou conhece alguma vítima deste crime, pode procurar ajuda no telefone 180, um serviço de utilidade pública no enfrentamento à violência contra a mulher. Ainda é possível fazer denúncias no aplicativo Direitos Humanos Brasil ou na página da Ouvidoria Nacional de Diretos Humanos (ONDH).

Leia também

*Alerta de gatilho: contém relatos de agressão física contra mulheres.

Johnny Depp

O ator recentemente perdeu um processo que moveu contra o jornal The Sun por ter sido chamado em uma reportagem de "espancador de mulheres". Amber Heard, ex-esposa de Depp, detalhou perante o tribunal 14 ocasiões em que o artista a estrangulou, esmurrou, estapeou, deu uma cabeçada, estrangulou e chutou durante o casamento, acusações que sustentaram um artigo publicado pelo tabloide em 2018. Ele chegou a admitir ter dado uma “cabeçada por acidente” em Heard.

Mel Gibson

O ator foi acusado de violência doméstica por duas companheiras. Em uma gravação vazada, o ator surtou e, além de fazer ameaças, diz, numa clara demonstração de racismo, que a pianista russa Oksana Grigorieva poderia ser estuprada por um “bando de negros” por conta dos implantes de silicone presentes em seu corpo. A modelo polonesa Violet Kowal foi outra a acusar Mel Gibson de ser violento. "Ele me ligou gritando e dizendo que iria me fazer sofrer", falou ela ao Daily Mail. "Foi uma experiência terrível. Eu estava quase indo à polícia, mas em vez disso, fiquei escondida por algumas semanas".

Michael Fassbender

O ator foi acusado em 2010 de espancar a sua ex-namorada, Leasi Andrews. De acordo com o boletim de ocorrência, levantado pelo TMZ, o intérprete de Magneto nos filmes de X-Men a empurrou contra uma cadeira, quebrou o seu nariz e ainda a arrastou no chão. Meses depois, a queixa contra o astro alemão foi retirada na polícia.

Charlie Sheen

Em 2009, Sheen foi acusado de violência doméstica pela ex-esposa Brooke Mueller e acabou preso. O astro de “Dois Homens e Meio” chegou a ser acusado por este crime diversas vezes, sem sofrer grandes consequências. Pasmem: o ator chegou até a dar um tiro no braço da sua então noiva Kelly Preston, em 1990 - mas ele alega que o disparo foi acidental.

Chris Brown

O cantor espancou Rihanna, sua então namorada, em 2009, após irem juntos à cerimônia do Grammy. Durante a agressão, ele chegou a ameaçá-la de morte. “Eu sabia que ele estava dizendo aquilo para me assustar, mas olhando para o rosto dele, era como se não houvesse mais uma alma ali. Ele dizia aquilo como se não tivesse nada a perder e eu já não sabia mais o que poderia acontecer”, contou a cantora no vídeo acima.

Ozzy Osbourne

Recentemente, Sharon Osbourne disse que o seu casamento com o líder do Black Sabbath já foi "parecido" com o de Johnny Depp e Amber Heard. Recentemente, Ozzy admitiu que tentou matar Sharon quando estava sob efeito de drogas. "Não é exatamente uma das minhas maiores conquistas. Tudo que lembro é de acordar na prisão e perguntar ao policial: 'Por que estou aqui?' E ele disse: 'Você quer que eu leia sua acusação? John Michael Osbourne, você foi preso por tentativa de homicídio'", falou o roqueiro.

Nicolas Cage

Em abril de 2011, Nicolas Cage foi preso por agredir a sua então esposa, Alice Kim. De acordo com relato da imprensa na época, ele a arrastou pelo braço com violência na rua, assustando os vizinhos, que chamaram a polícia. Ela não prestou queixa por violência doméstica na época.

Sean Connery

Em sua biografia, Diane Cilento, primeira esposa de Connery, relatou um episódio em que foi agredida pelo ator. "Já era tarde quando subi as escadas para o nosso quarto. Uma vez lá dentro, na escuridão, senti um golpe no rosto e fui jogada no chão. Lembro-me de gritar e acho que estávamos os dois gritando. Eu me levantei e tentei lutar, mas outro golpe me fez voar", escreveu ela. O relato foi confirmado recentemente pelo escritor e crítico de cinema Michael Thornton, que garante ter visto os hematomas de uma das agressões.

Bill Murray

Em 2008, Jennifer Butler, então esposa do astro, entrou com o pedido de divórcio, alegando que o marido de abusava das drogas e ainda a agredia com frequência. O documento dizia, segundo O Globo: "o último incidente ocorreu em novembro de 2007 em Sullivan's Island (Carolina do Sul), quando o acusado bateu na cara dela e lhe disse que tinha sorte de não a ter matado".

John Lennon

John Lennon foi um péssimo companheiro para Cynthia Powell, sua primeira esposa. Em entrevista à Playboy, em 1980, ele admitiu que a agredia - uma violência que já havia sido anunciada nos versos machistas de "Run For Your Life", disco "Rubber Soul" (1965), diga-se. “Eu costumava ser cruel com a minha mulher, e fisicamente… com qualquer mulher. Eu era um cara que batia. Eu não conseguia me expressar e batia. Eu brigava com os homens e batia nas mulheres. É por isso que eu falo tanto de paz, entende? As pessoas mais violentas são aquelas que acabam buscando a paz e o amor”, falou ele.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube