100 dias da guerra na Ucrânia: "até quando tropas de Zelensky resistirão?", pergunta imprensa francesa

Os 100 dias da guerra na Ucrânia estão nas capas dos principais jornais franceses nesta sexta-feira (3). Os diários destacam a progressão das tropas russas na região do Donbass e a resistência dos ucranianos: "até quando?" pergunta Le Parisien.

O diário aborda a surpresa e a admiração de toda a Europa com a resistência da Ucrânia, mas questiona quanto tempo o país pode ainda aguentar. "Putin fracassou em seu sonho de guerra relâmpago, que permitiria acabar com o regime de Zelensky e ocupar todo o país, mas adaptou sua estratégia à inesperada fraqueza de seu exército", publica Le Parisien.

Em entrevista ao diário, Pierre Servent, especialista em guerras, afirma que a Rússia deixou para trás a fase da ofensiva que se concentrava em cercar cidades, como fez com Mariupol, para investir em ataques massivos, o que permitiu às tropas russas registrar uma progressão importante. Segundo Kiev, a Rússia tomou até agora 20% do território ucraniano.

"Após 100 dias, a Rússia mira no Donbass" é a manchete do jornal Le Figaro. O diário sublinha que se antes o Kremlin dizia que suas forças poupavam civis, o discurso foi definitavemente deixado para trás. "Na terça-feira (31), tiros da artilharia russa mataram moradores de Sloviansk, uma das grandes cidades do leste ainda mantidas pelo exército ucraniano", publica.

Destruição total


Leia mais

Leia também:
Reportagem: como o pelotão Karpatska Sich luta contra o avanço dos russos no Donbass
Ucrânia: Russos controlam parte de Severodonetsk, anuncia governador local
Ucrânia: Jornalista francês é morto quando cobria operação humanitária no Donbass

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos