11 curiosidades sobre William Bonner que você desconhece

William Bonner em sua função diária: a apresentação do "Jornal Nacional", na Globo (Foto: Reprodução/TV Globo)
William Bonner em sua função diária: a apresentação do "Jornal Nacional", na Globo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Um dos jornalistas mais conhecidos do Brasil, William Bonner é apresentador e editor-geral do Jornal Nacional, o noticiário mais assistido do país.

Naturalmente, a vida profissional e pessoal de Bonner gera enorme curiosidade entre o público, o que já fez até com que ele abandonasse oficialmente as redes sociais.

Leia também:

Hoje em seu segundo casamento e pai de três filhos, o jornalista lida melhor com o assédio e até brinca que é o “tio” dos seguidores e famosos e anônimos que convivem com ele.

Veja a seguir algumas curiosidades sobre o “tio” William Bonner:

11 - Quantos anos tem William Bonner?

William Bonner nasceu em 16 de novembro de 1963 e, portanto, tem 57 anos.

10 - William Bonner não nasceu em Ribeirão Preto

Diferentemente do que registrava sua página na Wikipedia até poucos meses atrás, William Bonner nasceu em São Paulo, na capital do Estado, e não em Ribeirão Preto, no interior, como o banco de dados aberto registrava.

O próprio apresentador fez questão de corrigir o equívoco com um post em seu Instagram em maio deste ano.

“Alguém podia corrigir? Gosto muito de Ribeirão Preto, tenho amigos queridos de lá, parentes, meus filhos foram concebidos em Ribeirão. Mas nasci em São Paulo, na rua Frei Caneca, na antiga Maternidade São Paulo. Até os 7 anos morei no Tatuapé. Depois, Higienópolis, até me mudar pro Rio, no longínquo 1989. Estive em Ribeirão Preto 5 vezes. Por muitos motivos, tenho a cidade no coração. Mas não foi lá que nasci, não. Alguém corrige?”

9 - Sobrenome de William Bonner não é Bonner

O apresentador William Bonner (Foto: Reprodução/TV Globo)
O apresentador William Bonner (Foto: Reprodução/TV Globo)

Como assim? É verdade. Você foi enganado durante toda a vida. O nome de batismo do chefão do Jornal Nacional é William Bonemer Junior. Bonemer, não Bonner.

Segundo o Memória Globo, William optou por mudar seu sobrenome e criar um nome artístico em 1986, quando se tornou apresentador do “SPTV – 3ª Edição”. O motivo é que ele não queria ser confundido com o próprio pai, que era um médico pediatra bastante conhecido na capital.

William Bonner tem três filhos, os trigêmeos Vinicius, Beatriz e Laura. Todos eles foram registrados com o sobrenome original da família, Bonemer. O apresentador também é primo do ator Hugo Bonemer, outro que usa o sobrenome não-artístico da família.

8 - William Bonner não é formado em Jornalismo

Cada vez mais o apresentador do Jornal Nacional tenta mostrar um lado descontraído ao
público, mas nem sempre essa estratégia funciona
O apresentador do Jornal Nacional é, na verdade, formado em Publicidade e Propaganda (Foto: Reprodução/TV Globo)

Outras curiosidade que nem todo mundo sabe é que William Bonner cursou a Escola de Artes e Comunicações da Universidade de São Paulo, mas não o curso de Jornalismo, e sim o de Publicidade e Propaganda.

Bonner até começou sua carreira como redator publicitário, em 1983, mas logo o Jornalismo falou mais alto. Em 1984 ele começaria a trabalhar como locutor na rádio universitária da USP, enquanto se dividia entre os estudos e o estágio na agência de publicidade.

Outra curiosidade é que a carreira dele começaria na TV Bandeirantes, e não direto na TV Globo como muitos pensam. Em 1985, William Bonner (na época, ainda Bonemer) estreou como locutor do programa “Oito e Meia da TV Bandeirantes”, ainda estudante. Em setembro, torna-se apresentador do telejornal local.

No ano seguinte, em 1986, ele se tornaria apresentador do “Jornal de Amanhã”, na mesma emissora. Foi em junho daquele ano que ele entraria de vez na Globo para apresentar o “SPTV - 3ª Edição”, e lá também que adotaria o novo sobrenome.

7 - William Bonner tem um capacete de Ayrton Senna

O apresentador já mostrou que tem uma réplica do clássico capacete do piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna, de quem William Bonner é muito fã.

A réplica do acessório do piloto morto em 1994 nada mais é do que um troféu que Bonner ganhou do Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo como “editor de destaque”.

Em sua coleção o jornalista ainda tem uma réplica do clássico boné azul do Banco Nacional que Ayrton Senna usava, duas miniaturas dos seus carros de corrida e uma caneca com o perfil do piloto brasileiro tricampeão de Fórmula 1.

6 - William Bonner tem coleção de carros

William Bonner é dono de um Gol GT vermelho fabricado em 1986 (Foto: Reprodução/Instagram)
William Bonner é dono de um Gol GT vermelho fabricado em 1986 (Foto: Reprodução/Instagram)

As duas miniaturas dos carros de corrida de Ayrton Senna são apenas parte de uma coleção de miniaturas de carros de William Bonner. No Instagram, o apresentador também já revelou que tem miniaturas de Mustang e livros especializados em carros em seu escritório.

Para além das miniaturas, William Bonner também é um apaixonado por carros antigos. Seu xodó da garagem é um Gol vermelho 1986. Ele costuma comprar peças originais e acessórios para o carro e já compartilhou diversas imagens do possante que tem 35 anos, mesmo tempo dele de carreira na TV Globo.

5 - William Bonner gosta da sua barba

Em maio, após voltar de férias, William Bonner surpreendeu os brasileiros ao apresentar o Jornal Nacional de barba pela primeira vez. O visual virou mais assunto do que o noticiário e na época ele até precisou ir ao programa “Se Joga”, de Fernanda Gentil, para explicar o que tinha acontecido.

“Há 36 anos desde que eu comecei a trabalhar em televisão eu corto a barba. Todo dia. Eu só paro de fazer isso quando eu tiro férias. Quando as férias vão chegando ao fim eu sempre vou ficando um pouco triste porque eu gosto de deixar a barba crescer, mas eu tenho que cortar."

Até que o jornalista se questionou: "Por que que eu tenho que cortar? Sei lá."

"Durante 36 anos eu achei que tinha que cortar. Agora achei que não tinha. Não sou eu mesmo? As pessoas já não me conhecem? Se o meu cabelo ficar um pouco maior, se o fio da barba crescer, eu continuarei sendo eu mesmo", concluiu. Bonner admitiu que não sabia qual seria a reação do público, mas já tinha uma solução.

“Eu pensei. Se tiver uma reação muito negativa, é fácil. Eu corto a barba no dia seguinte e acabou. Mas não foi negativa, a maioria das pessoas parece ter gostado da surpresa pelo retorno que eu tive. Então vou ficar de barba.”

4 - William Bonner tem Twitter?

Sim! Já faz muito tempo que William Bonner não dá as caras no Twitter, desde 2020, mas por incrível que pareça a rede social do passarinho azul é onde ele mais tem seguidores. São quase 10 milhões de pessoas esperando o próximo tuíte do apresentador do JN.

Bonner era bastante ativo no Twitter até 2018, quando resolveu abandonar a rede social. Em 2019 ele tuitou poucas vezes, uma delas para lamentar o massacre em uma escola de Suzano (SP), em março.

Em 2020, Bonner só voltou a tuitar para denunciar que seu filho, Vinicius, estava sendo vítima de estelionatários que estavam usando o nome dele para contratar serviços, abrir empresas, entre outros golpes. Antes, um dos últimos posts do apresentador havia sido uma referência ao seu bordão.

“É aquilo que eu sempre digo. Boa noite.”

3 - William Bonner tem Instagram?

O Instagram de William Bonner também andava abandonado desde agosto de 2019, quando o apresentador do JN postou a seguinte mensagem: “Saindo daqui. Vivendo a vida de verdade. A minha vida. Obrigado.”

Ele só voltaria à rede neste ano, em 17 de março de 2021. Desde então, William Bonner tem sido mais ativo no Instagram do que em qualquer outra rede social, mostrando inclusive bastidores do Jornal Nacional. Por lá, ele já soma 2 milhões de seguidores.

2 - Por que William Bonner é o tio?

O apelido “tio” partiu do próprio apresentador, que se denomina o tiozão das redes sociais. Aquele que faz posts nada elaborados, posta fotos genéricas de pássaros ou da natureza, mensagens de reflexão, entre outras coisas nada estratégicas.

Conversas no “Zap” com sua companheira de bancada, a jornalista Renata Vasconcellos, também já foram mostradas, além de fotos em baixa resolução da tela do próprio computador.

O “tio” também mata um pouco a curiosidade de seus sobrinhos curiosos mostrando algumas fotos ao lado da atual esposa, a fisioterapeuta Natasha Dantas, com quem é casado desde 2018, e fotos com os filhos trigêmeos, frutos do casamento de 26 anos com Fátima Bernardes.

1 - O grande segredo do Jornal Nacional

Fátima Bernardes e o marido, William Bonner, em um dos últimos registros na bancado do JN. O casal representou o jornalismo da Globo na campanha 'A gente se liga em você'
Fátima Bernardes e o marido, William Bonner, em um dos últimos registros na bancada do JN (Foto: Divulgação/TV Globo)

Falando em Fátima Bernardes, William Bonner precisou guardar o segredo de que apresentaria o “Jornal Nacional” até mesmo da própria esposa. Segundo o Memória Globo, o convite chegou por telefone em 1996, quando ele voltava de férias.

Evandro Carlos de Andrade, diretor da Central Globo de Jornalismo, chamou Bonner para apresentar o telejornal e ainda pediu para que ele mantivesse segredo absoluto sobre o convite.

Ao site, Bonner se lembra da conversa: “Eu falei: ‘ok, Evandro, [o segredo] só não vale para a Fátima [Bernardes], não é?’ Mas ele disse que não podia contar nem para a Fátima. Aí fiquei nervoso. Depois, ele me ligou de novo e disse que tinha reavaliado algumas coisas e que eu podia contar para a Fátima”.

Na época, Bonner e Fátima já eram casados há seis anos. Ele realmente só dividiu a notícia com a então esposa Fátima Bernardes – até a mudança na bancada vir à tona. O jornalista sequer contou para os pais sobre o novo desafio. Segundo ele, foi o único segredo que conseguiu guardar na vida.

A estreia ocorreu em 1° de abril de 1996, ao lado da jornalista Lillian Witte Fibe. A dupla foi mantida até 1998 – quando Fátima Bernardes assumiu a cadeira ao lado de Bonner. Em 1999, no mês de aniversário do “Jornal Nacional”, o jornalista assumiu também o posto de editor-chefe.

Fátima deixou o “Jornal Nacional” em 2011 e, cinco anos depois, o casal 20 do jornalismo brasileiro anunciaria a separação.