2 - ATUALIZADA - Governo do Rio confirma quinto caso de febre amarela no Estado

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A Secretaria de Estado de Saúde do Rio disse nesta quinta (23) que subiu para cinco o número de pessoas com febre amarela no Estado. Assim como os demais, os dois casos confirmados são no município de Casimiro de Abreu.

Dos cinco pacientes com a doença, um morreu, dois já receberam alta após período de internação e um está internado no Instituto de Infectologia São Sebastião, na capital, com quadro de saúde estável. O quinto paciente continua em Casimiro e ainda não apresentou necessidade de internação. Seu estado de saúde está sendo monitorado pela secretaria municipal de Saúde do município.

A confirmação de casos de febre amarela silvestre no Estado do Rio de Janeiro voltou a gerar alerta para a ameaça de uma nova expansão do surto no país e risco de reurbanização da doença.

O governo e o município do Rio continuam dizendo que não há doença na capital, mas institutos divergem sobre o assunto.

A Secretaria de Saúde do Rio informou na segunda-feira (20) que os resultados dos testes realizados em amostras de cinco macacos encontrados mortos em outubro do ano passado, em diferentes pontos da capital fluminense, deram negativo para febre amarela. As análises foram feitas pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

O resultado contradiz análise feita pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, instituição de referência do Ministério da Saúde para exames de febre amarela.