Com 299 mortes em 24 horas, França beira 2 mil óbitos por coronavírus

Membro de equipe médica checa telefone em frente à entrada de emergência de um centro de campanha montado no hospital La Pitié-Salpetrière, em Paris, 27 de março de 2020

O novo coronavírus matou 299 pessoas nas últimas 24 horas na França, elevando o balanço total de óbitos a 1.995 desde o início da epidemia, anunciaram nesta sexta-feira (27) fontes sanitárias.

Segundo o diretor-geral de Saúde, Jérôme Salomon, 15.732 pacientes estão hospitalizados, dos quais 3.787 em UTI.

Isso representa um aumento no fluxo de chegada de 412 pessoas em um único dia.

Diante da enxurrada de casos de coronavírus, o governo francês decidiu nesta sexta estender por mais duas semanas, até 15 de abril no mínimo o confinamento em todo o país.

"Ainda estamos no começo da onda epidêmica", justificou o primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, anunciando que "com o aval" do presidente Emmanuel Macron, o período de confinamento se renovará "por outras duas semanas adicionais, a partir da próxima terça-feira, isto é, até a quarta-feira, 15 de abril".

"Este período poderá, evidentemente, ser prorrogado se a situação sanitária exigir", acrescentou Philippe, após um conselho de ministros.