3 - Gestão reclama de falta de verbas federais para SP

1 / 1
2 - Gasto de Doria contra enchente é só 1/4 de verba para asfalto em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A gestão João Doria (PSDB) reclama da falta de repasses federais para obras de drenagem no último ano e nega lentidão no ritmo do gasto com a área em 2018.

A prefeitura afirma que os gastos em 2017 também foram afetados por um contingenciamento de R$ 7,5 bilhões do orçamento, devido a "déficit verificado pela receita superestimada pela gestão anterior [de Fernando Haddad, do PT]".

Segundo a administração, os investimentos também foram comprimidos pela arrecadação ainda limitada pela recessão do ano passado.

Sobre este ano, a prefeitura diz que não há baixa execução das despesas com drenagem. "Ocorre que a liquidação dos valores empenhados obedece um rito, que inclui a necessidade primeiro da contratação da obra e reserva dos recursos, empenho, medição da obra realizada, até a liberação dos pagamentos para liquidação", afirma nota da prefeitura.

Segundo o comunicado, no primeiro trimestre "foram empenhados 319 milhões em obras a serem realizadas este ano (dos quais apenas 10,9 milhões já chegaram na fase da liquidação)".

ENCHENTES

A respeito das enchentes desta terça, a gestão afirmou ter prestado atendimento às vítimas das chuvas. Sem especificar se os atingidos pela chuva forte estão desabrigados ou tiveram que deixar suas casas temporariamente, informou apenas que os atendimentos estão relacionados a ocorrências de desabamentos.

O município também não informou quantas pessoas estão nos albergues públicos.

Em nota, a prefeitura afirmou que disponibilizou 524 colchões e cobertores, 199 cestas básicas e 185 kits de higiene e limpeza para as famílias que não aceitaram acolhimento e escolheram ficar na casa de parentes e amigos.

A gestão também lamentou a morte das vítimas relacionadas às chuvas na cidade.