37 - Itaquerão era para ser Volkswagen mas virou Lamborghini, diz delator

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-diretor da Odebrecht Alexandrino Alencar afirmou que o projeto do Itaquerão foi concebido para ser um Volkswagen e acabou se transformando em uma Lamborghini.

O delator disse, em depoimento ao Ministério Público Federal, que o pedido feito pelo ex-presidente Lula em 2010 era para que a empresa pensasse em um estádio para 30 mil pessoas, sendo que metade do público ficaria em pé.

"Porque a torcida do Corinthians não senta, ela fica em pé", afirma, rindo.

Ele afirma que as mudanças no projeto aconteceram pela possibilidade de que o estádio sediasse a abertura da Copa.

Segundo Alencar, o projeto inicial custaria cerca de R$ 300 milhões, mas no final, o Corinthians deve desembolsar cerca de R$ 1,6 bilhão pela arena.

"Você sai de casa para comprar um Volkswagen e volta com uma Lamborghini", compara.

Ele diz ainda que, a pedido da empresa, Lula chegou a conversar com o prefeito Fernando Haddad sobre a liberação de créditos imobiliários para custear a obra, mas a investida não teve sucesso.