4 - Cotton Project desfila coleção relaxada na SPFW

LUIGI TORRE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Cotton Project, de Rafael Varandas, imaginou uma sociedade pautada pelo relaxamento para contextualizar a moda básica da marca.

Formas simples, cortes retos e tecidos como lã de alpaca sintética, veludo de algodão e náilon de seda, imprimem conforto em conjuntos tipo pijama, casacos e suéteres felpudo e até na alfaiataria desestruturada e casual, novidade entre as propostas da marca.

Com forte influência do estilo dos anos 1990, a cartela de cores, composta por tons de marrom, bege, rosa, verda e laranja, também comunicam a calma e a estética low-profile pela qual Varandas tornou a marca reconhecida.

A ideia como um todo não é muito distante daquela da que deu origem, inicialmente focada em "surfwear" e peças relaxadas para os amantes do esporte e estilo de vida praiano. Mas fazem sentido quando os limites entre trabalho e vida pessoal são nebulosos e tempo virou artigo de luxo.