44% dos brasileiros rejeitam governo Bolsonaro, aponta FSB/BTG

Jair Bolsonaro (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro (Foto: DOUGLAS MAGNO/AFP via Getty Images)

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) é rejeitado por 44% dos brasileiros, aponta pesquisa FSB/BTG divulgada nesta segunda-feira (8).

A seguir, veja como os entrevistados avaliam a gestão do ex-capitão:

  • Ótimo: 15%

  • Bom: 18%

  • Regular: 22%

  • Ruim: 10%

  • Péssimo: 34%

  • Não sabem/não responderam: 1%

A pesquisa realizou duas mil entrevistas de 5 a 7 de agosto de 2022. Está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-08028/2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

Na pesquisa divulgada em 25 de julho, a rejeição era mais alta: 47%.

Primeiro turno

Ainda de acordo com a pesquisa FSB/BTG divulgada hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está sete pontos à frente do presidente Jair Bolsonaro (PL) no primeiro turno.

No cenário estimulado, ou seja, quando o eleitor recebe uma lista com os nomes dos candidatos à Presidência da República, o petista está com 41% das intenções de voto e Bolsonaro 34%.

Em terceiro lugar aparece Ciro Gomes (PDT), com 7%, e Simone Tebet (MDB), com 3%. André Janones (Avante) marcou 2%, mas ele deixou a disputa na semana passada para apoiar Lula.

Veja os resultados da pesquisa estimulada:

  • Lula (PT): 41%

  • Bolsonaro (PL): 34%

  • Ciro Gomes (PDT): 7%

  • Simone Tebet (MDB): 3%

  • André Janones (Avante): 2%

  • José Maria Eymael (DC): 1%

  • Pablo Marçal (Pros): 1%

  • Nenhum: 5%

  • Branco/nulo: 2%

  • Não sabem: 3%

Felipe D’Ávila (Novo), Vera Lúcia (PSTU), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP) e Roberto Jefferson (PTB) não pontuaram.

Segundo turno

No cenário estimulado, em um eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o petista venceria com 51% dos votos, e o atual chefe do Executivo teria 39%.

5% responderam que não votam em nenhum, 3% disseram que votam branco ou nulo e 2% não sabem.

Se a disputa for entre Lula e Ciro, o petista venceria por 47% a 32%.

Na corrida ao Planalto entre Lula e Tebet, a distância é ainda maior: 50% contra 29%.

Já se for Bolsonaro contra Ciro no segundo turno, o pedetista venceria o ex-capitão por 48% contra 41%.

Em contrapartida, Bolsonaro venceria Tebet: 44% contra 40%.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022: