45% dos brasileiros usam o TikTok, diz pesquisa

O Brasil é o segundo país que mais gasta tempo dentro do TikTok
O Brasil é o segundo país que mais gasta tempo dentro do TikTok (Getty Image)
  • Levantamento mostra que o Brasil é um dos 20 países que mais usam o TikTok

  • Brasileiros ficam em segundo lugar no ranking de pessoas que ficam mais tempo dentro da plataforma

  • País também está na lista das nações com mais conteúdos excluídos

Não são só as crianças que se renderam aos vídeos curtos do TikTok. Um levantamento divulgado pela Cuponation aponta que 45,7% da população com mais de 18 anos no Brasil utiliza a rede social.

Os dados, extraídos da Statista, colocam o Brasil na 19° posição entre os que mais utilizam a plataforma. No ranking, a Arábia Saudita lidera com 89,9% da população cadastrada no aplicativo.

Outros dois países sul americanos entram na lista dos 20 principais usuários. No Chile, 7,5% da população utiliza o aplicativo, enquanto no Peru 51,2% das pessoas estão na rede social.

No quesito tempo gasto no TikTok, o Brasil fica em segundo lugar, sendo uma das populações que gastam mais tempo assistindo e produzindo conteúdos.

Brasil é o terceiro país que mais teve vídeos excluídos

Apesar dos brasileiros terem aderido à rede social, a produção de vídeos tem dado trabalho para os administradores responsáveis por apagar conteúdos.

O Brasil ficou atrás apenas de Estados Unidos e Paquistão, de acordo com os números divulgados nos relatórios oficiais da rede social.

Dados da rede social revelam que a empresa removeu mais de 23,4 milhões de postagens publicadas no país em 2021.

O aplicativo diz que principal motivo para remover vídeos e contas da plataforma ao redor do mundo é a violação das políticas para segurança de menores. O TikTok proíbe usuários menores de 13 anos. Mesmo assim, crianças e adolescentes continuam a baixar e utilizar a viral rede de vídeos curtos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos