5 atores de Hollywood que já foram acusados de racismo

·4 minuto de leitura
Robert Downey Jr, Lea Michele e Kevin Spacey: currículos manchados por casos de racismo  (reprodução)
Robert Downey Jr, Lea Michele e Kevin Spacey: currículos manchados por casos de racismo (reprodução)

Hollywood nunca foi um exemplo de igualdade racial. Mais triste ainda é constatar que muitos dos astros brancos do cinema também reproduziram o racismo em diversas falas e atitudes - e muitas vezes sem grandes questionamentos.

Continuando uma lista publicada no ano passado, relembramos os casos de cinco astros de Hollywood que foram acusados de racismo com colegas de trabalho. Relembre abaixo:

Leia também:

Robert Downey Jr

LAS VEGAS, NEVADA - MARCH 07:  Actor Robert Downey Jr. is seen arriving backstage during the UFC 248 event at T-Mobile Arena on March 07, 2020 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)
Robert Downey Jr. posa para os fotógrafos em evento realiado em 2020 (Photo by Chris Unger/Zuffa LLC)

Em 2015, Robert Downey Jr tentou ironizar o diretor Alejandro González Iñárritu e acabou comprando briga com todo o povo mexicano. Incomodado com a fala do cineasta de "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" (2014) sobre os filmes de super-heróis serem um "genocídio cultural", o intérprete do Homem de Ferro no Universo Cinematográfico Marvel rebateu ao The Guardian: “Olhe, eu o respeito bastante. Acredito que, para um homem cuja língua nativa é o espanhol, ser capaz de armar uma frase como ‘genocídio cultural’ diz como ele é brilhante”. Questionado sobre a fala considerada racista e xenófoba, o representante de Downey Jr., Alan Nierob, disse as palavras ditas foram "elogiosas dentro do contexto da entrevista".

Lea Michele

NEW YORK, NEW YORK - DECEMBER 05: Actress and singer Lea Michele visits the Build Series to discuss the album “Christmas in the City” and the ABC/Freeform film “Same Time, Next Christmas” at Build Studio on December 05, 2019 in New York City. (Photo by Gary Gershoff/Getty Images)
Lea Michele posa para os fotógrafos em evento realizado em 2019 (Photo by Gary Gershoff/Getty Images)

Lea Michele foi acusada pela sua colega de elenco de Glee, Samantha Ware, de ter sido atormentada durante os anos de gravação da série por ser negra. A intérprete de Jane Hayward perdeu a paciência ao ver a sua ex-colega se manifestar a favor dos protestos Black Lives Matter na internet. "[Rindo muito]. Você se lembra de quando fez da minha estreia na TV um inferno?!?!? Porque eu nunca esqueci. Eu acho que você disse a todo mundo que, se tivesse a oportunidade, 'cagaria na minha peruca!', entre outras pequenas agressões traumáticas que me fizeram questionar minha carreira em Hollywood", escreveu Samantha. Lea, intérprete de Rachel no programa, pediu desculpas após o desabafo de Ware. "Nós todos podemos crescer e mudar, e eu definitivamente usei esses últimos meses para refletir sobre minhas próprias falhas", escreveu.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Kevin Spacey 

ROME, ITALY - AUGUST 02: Actor Kevin Spacey attends the reading of the event
Kevin Spacey em evento realizado em Roma, na Itália, em 2019 (Photo by Ernesto Ruscio/Getty Images)

Além de ser acusado de assédio e abuso sexual, Kevin Spacey ainda teria protagonizado momentos de racismo nos bastidores de "House of Cards". De acordo com o Daily Mail, o ator teria proibido funcionários negros de assistir às gravações da série da Netflix. Ele ainda teria se negado a cumprimentá-los e xingado-os com palavras de baixo calão.

Stephen Amell

VANCOUVER, BC - NOVEMBER 17: (L-R) Actors Cassandra Jean Whitehead and Stephen Amell attend the red carpet at
Cassandra Jean e Stephen Amell, juntos, em evento realizado em 2018 (Photo by Phillip Chin/Getty Images for Warner Bros. Entertainment Inc.)

Stephen Amell, astro da série "Arrow", foi acusado de racismo pela autora de quadrinhos Tee Franklin. No ano passado, o ator foi acusado de faturar com o movimento Black Lives Matter com o seu podcast. Franklin foi uma das vozes que se manifestaram contra Amell, dizendo que o ator e a esposa dele, a também atriz Cassandra Jean Amell, são racistas. O astro tentou conversar com a escritora, mas não teve sucesso. "Eu não sou a única mulher negra que te acusou, então eu sei que você teve essas conversas. O silêncio é cumplicidade, enquanto brincar de ignorante é ridículo. Você é pai e alguém com 30 anos, não é novo no racismo. Eu não deveria ter que ajudar você a a entender o que você faz de prejudicial", escreveu ela no Twitter.

Chevy Chase

NEW YORK, NY - APRIL 20:  Actor Chevy Chase attends the 16th Annual A Great Night In Harlem Gala at The Apollo Theater on April 20, 2018 in New York City.  (Photo by Jim Spellman/WireImage)
Chevy Chase fala em evento realizado em 2020 (Photo by Jim Spellman/WireImage)

Chevy Chase foi demitido da série "Community" e não deixou saudade no set de filmagem. Em entrevista à revista New Yorker, o criador do programa, Dan Harmon, afirmou que o ator era constantemente racista com Donald Glover, seu companheiro de cena, afirmando que ele era só era engraçado por ser negro. “Chevy foi o primeiro a perceber o quão talentoso Donald era, e a forma como ele expressou sua inveja era tentando desestabilizar Donald. Eu me lembro de pedir desculpas a Donald depois de uma noite particularmente difícil de verborragia por parte de Chevy, e Donald disse ‘nem me preocupo com isso’", falou o showrunner.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos