5 atores de Hollywood que odiaram os seus papéis na DC Comics

·4 minuto de leitura
George Clooney, Ryan Reynolds e Halle Berry como Batman, Lanterna Verde e Mulher-Gato, respectivamente: ah, se arrependimento matasse... (Reprodução)
George Clooney, Ryan Reynolds e Halle Berry como Batman, Lanterna Verde e Mulher-Gato, respectivamente: ah, se arrependimento matasse... (Reprodução)

Os quadrinhos da DC Comics ganharam muitas adaptações para o cinema. Embora muitas delas tenham sido muito bem sucedidas, outras representaram arrependimentos na carreira de alguns astros de Hollywood.

Abaixo, relembramos depoimentos de estrelas do cinema que acabaram saindo frustrados com seus personagens nos longas da editora. Como expectador, você consegue salvar algum desses trabalhos?

Leia também:

George Clooney

American actor George Clooney poses with a model of Batman during a photocall for his latest film 'Batman and Robin' at Planet Hollywood, London, UK, 23rd June 1997. (Photo by Colin Davey/Getty Images)
George Clooney em evento de divulgação de "Batman and Robin", em 1997. (Photo by Colin Davey/Getty Images)

O ator já admitiu em entrevistas que foi um "Batman horrível" em "Batman & Robin" (1997). "A única forma de você ser honesto em relação a qualquer coisa é assumindo suas responsabilidades. Quando digo que ‘Batman & Robin’ é um filme horrível, sempre digo que ‘eu estava horrível no filme’", disse ele. A experiência do astro na DC Comics foi tão desastrosa que ele até tentou convencer Ben Affleck a não interpretar Bruce Wayne nos cinemas. "Ben não me escutou, e acabou fazendo um ótimo trabalho, eu estava errado", revelou Clooney, recentemente.

Matthew Goode

Matthew Goode at the
Matthew Goode em entrevista de divulgação de "Watchmen" (Photo by Vera Anderson/WireImage)

Criticado por fãs pela sua aparência "muito jovem", o intérprete de Ozymandias na versão de Zack Snyder para a HQ de Alan Moore e Dave Gibbons admitiu anos depois que não era a melhor escolha para o personagem. "Acho que fui o personagem mais fora de padrão do filme de Snyder, digo, o mais novo e diferente. Eu não estava convencido de que eu era a escolha certa para interpretá-lo", disse em entrevista ao Huffington Post.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Halle Berry

Star of the film Halle Berry arrives for the European premiere of Catwoman at the Vue cinema in Leicester Square, central London.   (Photo by Andy Butterton - PA Images/PA Images via Getty Images)
Halle Berry em noite de estreia de "Mulher-Gato" (Photo by Andy Butterton - PA Images/PA Images via Getty Images)

A atriz não tem problemas em apontar defeitos "Mulher-Gato" (2003), um dos filmes de super-heróis mais execrados pela crítica. Segundo ela, o filme apresentou, entre outros problemas, uma visão machista da personagem. "Eu pensei: 'Esta é uma grande chance para uma mulher negra ser uma super-heroína. Por que eu não tentaria isso?", disse em entrevista à Variety. "Lembro-me de ter discussões sobre: 'Por que a Mulher-Gato não pode salvar o mundo como o Batman e o Super-Homem fazem? Por que ela está apenas salvando as mulheres de um creme facial que quebra seu rosto?'. Mas eu era apenas uma atriz contratada. Não era a diretora. Não poderia fazer nada", concluiu.

Ryan Reynolds

Ryan Reynolds participates in AOL's BUILD Speaker Series to discuss his new film
Ryan Reynolds concede entrevista em 2015 (Photo by Charles Sykes/Invision/AP)

"Lanterna Verde" (2011), estrelado por Ryan Reynolds, foi um fracasso tão grande que quase destruiu a carreira do astro. "Eu representei a morte de um super-herói por um tempo. Depois de Lanterna Verde, era impossível me contratar", disse ele à Variety sobre o projeto recentemente, bem mais tranquilo quanto ao seu futuro após o seu bom desempenho como "Deadpool". Dez anos depois do longa, o ator topou assisti-lo em uma ação promocional de gin.

Marion Cotillard

Actress Marion Cotillard poses for photographers on arrival at the premiere of the film 'It's Only The End Of The World', showing as part of the London Film Festival in London, Friday, Oct. 14, 2016.  (Photo by Grant Pollard/Invision/AP)
Marion Cotillard posa para os fotógrafos em evento realizado em 2016 (Photo by Grant Pollard/Invision/AP)

A atriz ficou marcada pela cena - muito mal feita, até hoje alvo de memes - da morte da sua personagem Talia Al Ghul em “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge“ (2012). Em entrevista a uma TV francesa, Marion Cotillard lamentou o resultado visto no filme - dando a entender que houve algum problema de edição. “Às vezes, há falhas, e quando você vê isso na tela, você pensa: ‘Por quê? Por que eles fizeram isso?’. Mas ou você culpa a todos, ou a ninguém", disse ela. "Mas eu pensei que as pessoas tiveram uma reação exagerada demais, porque foi difícil ser julgada apenas por essa cena. Quando eu estou fazendo o meu melhor, eu consigo encontrar autenticidade em cada personagem que eu interpreto, é difícil ser reconhecida apenas por aquela cena“, completou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.