5 contratações do Barcelona que era melhor nem ter feito

Nathalia Almeida

Apesar de ter em La Masia uma fonte inesgotável de talentos, o Barcelona se consolidou, desde a reta final dos anos 90, como um dos clubes compradores mais poderosos do futebol europeu. Como qualquer outra equipe de primeiro nível no Velho Continente, o gigante da Catalunha acertou muito e errou outras tantas vezes em suas investidas de mercado. Hoje, falaremos das investidas mal sucedidas, listando cinco contratações recentes que o torcedor blaugrana lamenta até hoje:


5. Arda Turan


FC Barcelona v Athletic Club - La Liga

O meia turco vinha de excelentes temporadas vestindo a camisa do Atlético de Madrid, ou seja, tratava-se de uma contratação que fazia sentido ao Barcelona no quesito técnico. Arda, no entanto, foi um verdadeiro 'bust' na Catalunha, não se adaptando ao novo clube e empilhando empréstimos durante os seus cinco anos de contrato. Seu vínculo com o Barça expira, enfim, em junho deste ano.


4. Kevin-Prince Boateng


RC Celta de Vigo v FC Barcelona - La Liga

Sem dúvida, a contratação mais aleatória da janela de inverno (janeiro) do ano passado. Jogador polêmico e de carreira mediana - isso sendo bastante generoso com ele -, Kevin-Prince Boateng foi uma das muitas investidas desesperadas do Barça para 'tapar buraco' em seu sistema ofensivo, que convive com inúmeras lesões desde muito. Seu empréstimo custou €2 milhões aos cofres do clube, e sua passagem pelo Camp Nou durou apenas seis meses, com quatro jogos e nenhum gol marcado.


3. Douglas


FBL-ESP-LIGA-BARCELONA-DOUGLAS

Essa contratação chegou a virar meme em solo brasileiro, tamanha aleatoriedade. Com essa mesma estranheza, o torcedor do Barcelona recebeu o lateral-direito Douglas, contratado em 2014 por €4 milhões. Disputou apenas oito partidas totais com a camisa blaugrana, apesar de ter permanecido vinculado ao clube por cinco temporadas, sendo emprestado diversas vezes neste meio-tempo. Atualmente, veste a camisa do Besiktas (TUR).


2. Paulinho


Barcelona v Villarreal - La Liga

Em agosto de 2017, o Barcelona abriu os cofres para tirar Paulinho do futebol chinês, em uma transferência que ultrapassou a casa dos €40 milhões. Apesar de sua qualidade inquestionável, o volante brasileiro simplesmente não aconteceu na Catalunha, e a experiência dos sonhos em um clube de ponta na Europa acabou durando apenas uma temporada: retornou no verão seguinte ao Guangzhou Evergrande, com o Barça recuperando integralmente o valor investido em sua chegada.


1. Philippe Coutinho


Barcelona v Valencia - Spanish Copa del Rey Final

A contratação mais cara da história do Barcelona (€160 milhões) é, hoje, a que mais gera 'dor de cabeça' aos dirigentes e nos torcedores do clube. Não dá para tratar a investida no brasileiro como um erro, já que Coutinho vinha de anos maravilhosos com a camisa do Liverpool, mas o fato é que a timidez do meia-atacante, unida à teimosia de Valverde em utilizá-lo fora de posição, conduziram o camisa 7 ao status de 'flop' em apenas uma temporada. Hoje, desvalorizado e vindo de empréstimos apagados, dificilmente não representará um prejuízo grande ao clube.