5G começa a operar em mais 3 capitais; veja quais são

Sinal 5G deve estar disponível em todas as capitais até o fim de setembro (Getty Image)
Sinal 5G deve estar disponível em todas as capitais até o fim de setembro (Getty Image)
  • Três cidades recebem o sinal do 5G nesta sexta-feira

  • Internet rápida deve chegar a todas as capitais até o final de setembro

  • Atrasos mudaram o calendário de implementação da tecnologia

A quinta geração da internet não só é uma realidade no Brasil como também começa a ganhar novos polos de funcionamento. Nesta segunda-feira (29), o conselheiro Moisés Moreira, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), informou que a rede 5G será ativada em mais três capitais na sexta-feira (29). A tecnologia começou sendo implantada em Brasília.

Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS) são as próximas cidades a receber o sinal. A previsão é que todas as capitais do país tenham o sinal ativo até o fim de setembro.

A Siga Antenado, entidade formada pelas operadoras Claro, TIM e Vivo, vencedoras da faixa de 3,5GHz do leilão do 5G, já terminou a instalação de torres e de filtros para evitar interferência nessas três capitais, de acordo com informações apuradas pelo G1.

O novo sinal liberado conforme a Siga avisa a Anatel sobre a conclusão da instalação de torres e de filtros com a tecnologia 5G. A organização também precisa começar a distribuição de kits de recepção do novo sinal das TVs parabólicas à população de baixa renda que tem direito ao benefício.

No inicio do projeto, a conclusão da implementação da quinta geração tinha como prazo o dia 31 de junho. Contudo, dificuldades logísticas atrapalharam os planos para distribuir o '5g puro' para todo o país.

A ideia é que o 5G entregue mais velocidade na hora de baixar e enviar arquivos, reduza o tempo de resposta entre diferentes dispositivos e torne as conexões mais estáveis.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos