5G: Confira quando sua cidade deverá receber a nova tecnologia

5G chegara em todas capitais brasileiras até outubro deste ano
5G chegara em todas capitais brasileiras até outubro deste ano
  • Implementação da tecnologia irá até dezembro de 2029;

  • Restam apenas cinco capitais a receber a conectividade 5G;

  • Confira como irá acontecer a chegada do 5G no restante das cidades do Brasil.

Nesta segunda-feira (19), o 5G foi liberado em sete novas capitais, em mais uma rodada de implementação da tecnologia realizada pelo Ministério da Comunicação e pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). São elas: Aracaju, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Maceió, São Luís e Teresina.

Com isso, restam apenas cinco capitais brasileiras a receber a nova tecnologia, além das demais cidades do Brasil. De acordo com a Anatel, o 5G puro estará disponível em todo país até o final de 2029. Confira o calendário de chegada.

Neste ano até o dia 28 de outubro veremos a implementação da tecnologia de conectividade 5G nas capitais da região Norte: Belém, Macapá, Manaus, Porto Velho e Rio Branco. Um mês depois, 28 de novembro, o sinal deverá ser ativado por todas as operadoras de telefonia.

Até julho de 2025 todos municípios com mais de 500 mil habitantes deverão estar conectados à rede 5G. Isto não quer dizer, por exemplo, que a sua cidade (caso tenha uma população maior de 500 mil) só terá o 5G daqui a três anos, mas sim que este será o prazo limite para a sua implementação.

No ano seguinte, em julho de 2026, a tecnologia deverá ser levada para os municípios com mais de 200 mil pessoas. Da mesma forma, este é apenas o prazo final, e a depender das operadoras e da localização do município, a tecnologia de conectividade pode chegar muito antes.

Por fim, em julho de 2027 é a vez das cidades com mais de 100 habitantes terem obrigatoriamente a conexão 5G. Em julho de 2028 é a vez de pelo menos 50% dos municípios com mais de 30 mil, e em 2029 todos os municípios com 30 mil habitantes deverão ter o 5G disponível.

Para as cidades com menos de 30 mil habitantes, a regra é outra, próxima a do que vai acontecer em 2028 e 2029 com os municípios com população de 30 mil. Nelas, 30% devem ter a conectividade até dezembro de 2026, 60% até dezembro de 2027, 90% até dezembro de 2028 e por fim, 100% até dezembro de 2028. Não haverá ordem para a chegada nas cidades, com as operadoras de telefonia devendo decidir o melhor caminho a se prosseguir.