5G: Sinal será ativado em SP nesta quinta-feira (4)

Ao que tudo indica, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Goiânia (GO) serão as próximas capitais a contarem com o 5G (Getty Images)
Ao que tudo indica, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Goiânia (GO) serão as próximas capitais a contarem com o 5G

(Getty Images)

  • Anatel deve liberar 5G em SP a partir de quinta-feira (4);

  • Capital paulista será a quinta cidade brasileira a ter o sinal instalado;

  • Uma reunião será feita amanhã (2) para formalizar a autorização.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai liberar, na próxima quinta-feira (4), a ativação do sinal de 5G puro na cidade de São Paulo (SP). A informação foi compartilhada pelo conselheiro Moisés Moreira, responsável pelo tema, ao g1.

A instalação faz com que o Brasil passe a ter cinco capitais com a quinta geração de rede móvel. Em julho, o sinal foi ativado em Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS). O 5G puro opera na faixa de 3,5 gigahertz, que oferece a maior velocidade e menor tempo de resposta (latência).

Nesta terça-feira (2), uma reunião extraordinária do Gaispi – grupo criado pela Anatel para cuidar da implementação da rede – formalizará a autorização. A partir daí, operadoras como Claro, TIM e Vivo poderão oferecer o 5G a seus clientes.

Ao que tudo indica, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Goiânia (GO) serão as próximas capitais a contarem com o 5G. O sinal deve chegar a todas as capitais do país até setembro deste ano, segundo edital do leilão do 5G, realizado em novembro de 2021. Inicialmente, o prazo era 31 de julho, mas teve que ser estendido por 60 dias devido a dificuldades logísticas para a importação do equipamento necessário.

Autorização depende do que?

Para que a Anatel prossiga com a instalação da rede, é necessário que a Siga Antenado, entidade criada pelas operadoras, conclua alguns requisitos:

  • Instalação de estações de comunicação na quantidade mínima exigida pelo edital do 5G;

  • Instalação de filtros para evitar interferências em faixas adjacentes; e

  • Início da distribuição de kits de recepção do novo sinal das TVs parabólicas à população que tem direito (baixa renda).

Depois disso, alguns testes são feitos e, caso não haja interferência, o 5G é ativado. Segundo disse Moreira ao g1, em São Paulo os testes foram concluídos com sucesso.

Celulares compatíveis

Subiu para 71 o número de celulares que suportam a rede 5G, quatro a mais do que na data de estreia da tecnologia no Brasil, em 6 de julho. Dos novos modelos, três pertencem à Samsung e um à Xiaomi.

Os smartphones que suportam o 5G são homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e constam em uma lista que informa o modelo, nome comercial e fabricante de cada um. Clique aqui para conferir a relação completa e veja abaixo os integrantes mais recentes:

  • Samsung A336M/DSN

  • Samsung F936B/DS

  • Samsung F721B

  • Xiaomi 22041219NY

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos