5G: Tecnologia chega a novas capitais na próxima terça

Curitiba, Salvador e Goiânia devem receber o 5G puro na próxima semana
Curitiba, Salvador e Goiânia devem receber o 5G puro na próxima semana
  • Salvador, Goiânia e Curitiba devem receber a tecnologia até semana que vem;

  • Testes do 5g standalone serão executados nesta quarta-feira;

  • Anúncio oficial da Anatel só será realizado na sexta-feira.

A tecnologia 5G standalone, ou 5G puro, está para chegar na semana que vem em três capitais brasileiras: Salvador, Curitiba e Goiânia, afirmou Moisés Queiroz, conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e presidente da Gaispi, grupo que está acompanhando a instalação da rede na faixa de 3.625 a 3.700 MHz.

"Vamos começar os testes hoje (9) de tarde nessas cidades. E a rede será ligada na próxima terça-feira nessas três capitais", disse Queiroz.

O anúncio oficial da chegada das novas velocidades de conectividade deverá ser feito só na próxima sexta, quando acontece a reunião do Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz). Inicialmente a reunião se daria na quarta, porém foi adiada para sexta para confirmarem os resultados dos testes.

Por enquanto o 5G já está disponível em cinco capitais brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, João Pessoa, Porto Alegre e São Paulo. Cidadãos dessas regiões relataram extremas melhorias na velocidade de conexão. A Anatel tem como objetivo liberar a tecnologia para todas as capitais até o fim de agosto, com exceção de Manaus e Belém.

O 5g puro, ou standalone, pode chegar a velocidades superiores a 1 gigabit por segundo (Gbps). Ele é diferente do 5G DSS, que utiliza a mesma infraestrutura da rede 4G e providencia velocidades de até 60 megabits por segundo. Segundo a Anatel, atualmente há 81 modelos de celulares habilitados no Brasil que conseguem se conectar ao 5G, mas só 59 destes estão aptos para funcionarem no 5G standalone.