5 razões que explicam o porquê do futebol de várzea ser tão apaixonante

Nathália Almeida

Berço de craques, a várzea representa, de longa data, uma fatia bem considerável do que é a prática futebolística em solo brasileiro. Apesar dos holofotes estarem sempre voltados ao alto rendimento, há uma realidade muito diferente em cada pequeno campinho espalhado por esse país. Realidade essa que, quando você conhece, certamente se apaixona. Confira 5 motivos que ajudam a explicar o porquê do futebol de várzea ser tão apaixonante:



​​1. Conexão/envolvimento com a comunidade


Um clube amador nunca existe por si só. Ele existe para e também através de algo maior, que geralmente é a sua comunidade. Esse diálogo, conexão e proximidade fazem parte do que é o futebol amador na essência: coletividade e colaboração. Vizinhos são torcedores e, por vezes, também patrocinadores. Tudo pelo sucesso daquela equipe do bairro.

2. Amor ao esporte

Superar todos os obstáculos e dificuldades que o amadorismo presume é um 'teste de fogo' ao amor pelo esporte, mas este sempre prevalece. É esse sentimento que costuma mover atletas, dirigentes e comunidade, afinal, a realidade não é fácil para quem está na várzea. 

3. Jogos parelhos e equilibrados

Quem associa futebol de várzea a jogo ruim, simplesmente não sabe o que diz. A verdade é que os torneios amadores costumam reservar confrontos muito parelhos, equilibrados e bem disputados. Há uma fonte inesgotável de talento no amadorismo.

4. Acessibilidade 

Vivemos em uma época de total elitização do lazer. Cinemas, teatros, parques e principalmente estádios de futebol estão cada vez mais caros, distantes da realidade popular. Isso você não verá na várzea, onde todos estão sempre convidados a chegar, sem distinções de classe.

5. Ferramenta de ascensão social

Bruno Henrique

Para muitos, sair da várzea e conseguir vestir a camisa de um clube profissional da elite do futebol brasileiro é uma realidade totalmente inacessível e distante. É verdade que o caminho é duro, mas não é impossível: há ​inúmeros casos de jogadores que saíram de times amadores e construíram carreiras vitoriosas na Série A.