50% afirmam nunca confiar em nada do que diz Bolsonaro, aponta Datafolha

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Metade da população brasileira nunca confia no que é dito pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), segundo pesquisa do Datafolha.

Levantamento do instituto feito nesta quinta (8) e sexta-feira (9) aponta que 50% dos entrevistados afirmam que nunca confiam nas declarações do presidente, ante 19% que afirmam sempre confiar.

Na pesquisa anterior, feita na semana passada, o placar estava com esses mesmos índices.

O volume dos que afirmam "às vezes" ter confiança nas falas dele estava em 30% e agora foi a 29%. Não soube responder 1%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha ouviu 2.676 eleitores em 191 municípios de todo o país.

O auge da avaliação negativa de Bolsonaro nesse quesito foi no fim de 2021, quando a taxa dos que nunca confiam atingiu 60%.

Em meio à campanha eleitoral, o presidente tem feito uma série de declarações consideradas falsas por agências especializadas em checagem. Nos discursos de Sete de Setembro, por exemplo, afirmou que o Brasil tem uma das gasolinas mais baratas do mundo e que acabou com invasões do MST, informações classificadas como inverídicas.

A desconfiança sobre as falas do presidente é maior entre eleitores com 60 anos ou mais (vai a 54%) e entrevistados com renda familiar de até dois salários mínimos (56%). No Nordeste, alcança 61%.

Já a avaliação positiva sobre o que o candidato à reeleição diz é maior entre evangélicos (vai a 29%) e eleitores com ensino superior (sobe a 23%).