50 civis evacuados de Azovstal, sob ataque russo

O governo ucraniano confirmou a retirada de '50 mulheres, crianças e idosos' da siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, cidade duramente bombardeada pelas forças russas nas últimas semanas. Desde o fim de semana, cerca de 500 pessoas deixaram o local e estimativas apontam que outros 200 civis seguem presos na vasta rede de galerias subterrâneas da usina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos