50% dizem não votar em Haddad de jeito nenhum, ante 46% em Tarcísio, indica Datafolha

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Fernando Haddad (PT) é o candidato ao Governo de São Paulo mais rejeitado pelo eleitor paulista, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (29), a véspera da votação do segundo turno, que acontece neste domingo (30).

O levantamento mostra que 50% declaram que não votariam de jeito nenhum no petista, e 46% em Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Na rodada anterior, no dia 19, Haddad marcou 49% de rejeição, e Tarcísio, 42%.

A pesquisa deste sábado mostra que Tarcísio tem 53% dos votos válidos contra 47% de Haddad.

De acordo com a pesquisa, além dos 50% que não votam em Haddad, outros 39% indicam que vão votar com certeza nele, 10% talvez e 2% não sabem.

Em relação a Tarcísio, além dos 46% que não votam nele de jeito nenhum, 42% votarão com certeza, 11% talvez e 2% não sabem.

O Datafolha mediu ainda que 43% só rejeitam Haddad, 40% só Tarcísio, 11% nenhum dos dois e 7% ambos.

Candidato de Jair Bolsonaro (PL), Tarcísio terminou o primeiro turno na liderança, com 42,32% dos votos válidos. Haddad, apoiado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), teve 35,7%.

A pesquisa Datafolha, contratada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, ouviu 3.134 pessoas, de sexta (28) a este sábado, em 79 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número SP-03973/2022.