Em sua 50a. edição, a Comic-Con explora seu passado de olho no futuro

Por Andrew MARSZAL
1 / 4
Parte do elenco de "Game of Thrones" falará das críticas que a série recebeu no painel destinado à obra

De "Game Of Thrones" a "Star Trek: Picard", entre sequências, prequels e paineis, a edição de número 50 da Comic-Con da Califórnia abre suas portas nesta quinta-feira para receber milhares de nerds e geeks na maior celebração da cultura pop do mundo.

Cerca de 135.000 pessoas, incluindo blogueiros e fãs fantasiados, vão encher o Centro de Convenções de San Diego para tentar ver seus heróis, que irão até lá para promover filmes, programas de televisão e quadrinhos há muito aguardados.

Esta edição será carregada com momentos retrô. Espera-se, por exemplo, a presença de Arnold Schwarzenegger e Linda Hamilton, que em breve se encontrarão novamente em mais uma sequência de "Exterminador do Futuro" pela primeira vez desde o filme de 1991.

Os nostálgicos também esperam a participação de Patrick Stewart em um painel sobre a nova série da CBS, "Star Trek: Picard", na qual voltará a interpretar o capitão do spin-off da série original criada por Gene Roddenberry, "Star Trek: A Nova Geração".

E no meio de duras críticas ao último episódio da série, parte do elenco de "Game of Thrones" se reunirá para dissecar o fantástico épico da HBO diante de uma audiência que ainda não terminou de digerir o fim da luta pelo Trono de Ferro, ou o que sobrou dele.

Há rumores de que o escritor George R. R. Martin participará e muitos devotos de seu trabalho procurarão alguma pista sobre os inúmeros "prequels" que estão em desenvolvimento.

A edição deste ano também oferecerá uma série de painéis para viajar no tempo e celebrar o início da convenção, 50 edições atrás.

- O próximo 'Game of Thrones' -

As atividades já começam na noite desta quarta com a já tradicional "Scare Diego". da New Line Cinema e Warner Bros., que, pelo segundo ano consecutivo, oferecerá aos fãs informações sobre o segundo filme de "It", o thriller inspirado no romance de Stephen King, de 1986.

A operadora Netflix, por sua vez, está agitando com uma prévia do clássico filme de fantasia de 1982, "O Cristal Encantado", que combinará bonecos de estilo antigo com efeitos especiais de última geração, e que tem a ambição de encantar jovens e velhos fãs.

Em sua busca pelo próximo "Game of Thrones", o gigante do streaming se prepara para lançar "The Witcher", estrelado por Henry "Superman" Cavill, como o caçador de monstros de uma série de romances poloneses dos anos 90.

Outra saga de livros que receberá tratamento pela primeira vez na televisão é a trilogia "Dark matter", e a HBO fará uma apresentação com parte do elenco: James McAvoy, Lin-Manuel Miranda e Ruth Wilson.

- "Fase 4" -

A Marvel Studios retorna depois de pular uma edição e deve anunciar quais personagens de seu catálogo de quadrinhos serão levados para seu universo cinematográfico de megassucesso.

Depois dos recentes "Avengers: Ultimato" e "Homem-Aranha: Longe de Casa", começa a "Fase 4" da popular série de filmes de super-heróis interconectados.

O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, está em San Diego e os fãs esperam que ele, junto com um grupo de participantes, revele em um painel a identidade dos oito filmes anunciados por sua empresa-matriz, a Disney.

Um filme solo para Viúva Negra, de Scarlett Johansson, e um quarto filme "Thor" estão entre os projetos que mais são comentados.

Os diretores de "Ultimato", os irmãos Russo, também têm uma apresentação sobre a produção do filme que quase tira Avatar de seu posto de maior bilheteria de todos os tempos.

A DC e a Warner não têm super-heróis para apresentar este ano, o mesmo acontece com a Sony e a Universal, que ignoraram completamente esta edição da Comic-Con.