Colégios eleitorais abrem para eleições presidenciais no Equador

Quito, 2 abr (EFE).- Os centros eleitorais abriram suas portas neste domingo no Equador para receber os votos dos cidadãos, que elegerão nas urnas o sucessor do presidente Rafael Correa.

No total, 12,8 milhões de eleitores foram convocados para participar deste pleito, no qual os cidadãos elegerão entre o candidato governista Lenín Moreno, da Aliança País (AP, esquerda) e o opositor Guillermo Lasso, do movimento Criando Oportunidades (CREO, centro-direita). EFE