68 postos de saúde de São Paulo voltam a registrar a falta de vacina contra a Covi-19 nesta quinta (24)

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 15.03.2021 - Vacinação de idosos a partir de 75 anos, em esquema de drive-thru no Memorial da América Latina, em São Paulo (SP). .(Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 15.03.2021 - Vacinação de idosos a partir de 75 anos, em esquema de drive-thru no Memorial da América Latina, em São Paulo (SP). .(Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Postos de saúde na cidade de São Paulo voltaram a registrar desabastecimento de vacinas contra a Covid-19 na manhã desta quinta-feira (24). Segundo a página "De Olho na Fila", a reportagem apurou que 68 pontos de vacinação estavam sem o imunizante e com a informação de "aguardando reabastecimento, por volta das 11h20.

Segundo o calendário da Prefeitura de São Paulo, gestão Ricardo Nunes (MDB), a previsão é vacinar pessoas com 48 anos, nesta quinta. Na sexta-feira (25), o calendário aponta o público de 47 anos para receber o imunizante.

A zona sul foi a região com maior desabastecimento, com 46 pontos. Um dos exemplos é a AMA/UBS Integrada Parque Fernanda, no Capão Redondo. Por telefone, uma atendente do posto afirmou que eles chegaram a vacinar algumas pessoas, mas logo por volta das 9h as doses acabaram e não tem previsão de retorno.

A zona leste vem na sequência, com 19 postos sem vacina. A AMA/UBS Integrada Vila Carrão - Dr. Adhemar Monteiro Pacheco, no Carrão, disse que vacinou algumas pessoas de manhã, mas está sem o imunizante desde 10h. Caso semelhante acontece na UBS Jardim Soares, em Guaianases, que apontou falta de doses no mesmo horário.

Além das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), dois drive-thrus, em que a pessoa não precisa descer do carro, apontaram o desabastecimento do imunizante, além de um megaposto, em que a pessoa entra como pedestre para se vacinar.

De acordo com dados da prefeitura, estima-se que a cidade tenha 341 mil pessoas na faixa etária de 49 e 48 anos.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde para saber sobre o reabastecimento dessas unidades, e aguarda resposta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos