7 de setembro: Collor e Bolsonaro ficam lado a lado em cerimônia de hasteamento

·2 minuto de leitura
Reprodução

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro, o senador e ex-presidente Fernando Collor (PROS-AL) participou nesta terça-feira (7) da cerimônia de hasteamento da bandeira, em Brasília, ao lado de Bolsonaro e da primeira- dama Michelle. 

Por meio de sua rede social no Twitter, o senador postou um vídeo vestido com a camisa da seleção brasileira desejando felicitações e liberdade para os brasileiros. 

“Olá, minha gente, tudo bem? Eu estou aqui para desejar um 7 de setembro cheio de alegrias, cheio de paz, com muita saúde e com muita liberdade. Nós todos estamos unidos para fazer deste Brasil um país cada vez mais forte. Vamos manter nosso otimismo, vamos manter nossas esperanças e vamos manter a nossa fé de que o Brasil será o país dos nossos sonhos”, declarou o senador. 

Atos em Brasília começam com violência

A manifestação pró-Bolsonaro em Brasília neste 7 de setembro começou com confusão. Manifestantes portando bandeiras com dizeres golpistas, pelo fechamento do STF e do Congresso, entraram em confronto com a polícia ao tentar retirar grades que protegem os prédios públicos.

O confronto entre os manifestantes e os policiais militares aconteceu na altura da Praça dos Três Poderes. Após a tentativa de retirada da grade para invasão dos prédios públicos, os PMs usaram bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes.

Presidente abriu dia com discurso no Alvorada

Bolsonaro abriu o dia com discurso transmitido em suas redes sociais no qual deu recado para seus apoiadores que prometem ir às ruas em todo país nesta terça-feira para demonstrar apoio popular ao governo.

Nosso País não pode continuar refém de uma ou duas pessoas, não interessa onde elas estejam. Esta uma ou duas pessoas ou entram nos eixos ou serão simplesmente ignoradas da vida pública. Este é o meu trabalho”, disse Bolsonaro no discurso que aconteceu dentro do Alvorada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos