7 de Setembro: Confira a programação de Bolsonaro no Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participará de evento militar no dia 7 de Setembro na capital fluminense. (Foto: Ivan Abreu/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
O presidente Jair Bolsonaro (PL) participará de evento militar no dia 7 de Setembro na capital fluminense. (Foto: Ivan Abreu/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desembarca no Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 7 de setembro, para o ato do Dia da Independência. O mandatário deve chegar na capital fluminense por volta do meio dia e se deslocar para Copacabana, onde deve reunir apoiadores para a manifestação. Uma motociata com 25 mil motocicletas está programada para rodar a zona sul da cidade, segundo a coluna Radar, da Veja.

Ao desembarcar no Aeroporto Santos Dumont, ele vai se dirigir ao Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo, para encontrar seus apoiadores participantes da motociata. Um aliado informou que cerca de 600 donos de motos da marca Harley Davidson estarão presentes para acompanhar o presidente.

As 13h, o grupo sai do Aterro em direção a orla de Copacabana. A manifestação contará com trios elétricos e palanque. Antes, o ato estava marcado para acontecer em frente ao hotel Copacabana Palace, mas a concentração será no posto cinco, que fica a um quilômetro do Forte. O presidente deve chegar no Posto 6 de helicóptero; por volta dos 15h, ele deve discursar no evento.

A programação do evento começa a partir das 9h, com uma fila com 22 navios da Marinha brasileira e de nações amigas que sai da da Barra da Tijuca em direção ao mar de Copacabana. No Forte serão disparados salvas de canhões; 800 apoiadores devem comparecer em jetskis.

Bolsonaro conta com a presença de apoiadores alvos de operação da Polícia Federal para o desfile. “Eu convidei os oito empresários para estarem comigo amanhã, no 7 de Setembro [em Brasília]. Se não for possível, que vão ao Rio de Janeiro. Convidei. São pessoas honradas", disse em entrevista para a Jovem Pan.

Segundo a CNN, 1.800 agentes da PM vão reforçar a segurança da cidade nesta quarta, incluindo policiamento do ato em Copacabana. À noite, Bolsonaro tem compromisso com a Secretaria Especial de Comunicação Social, e retorna à Brasília na quinta-feira (8).