7 de setembro: Convocações explodem nas redes na véspera

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no Dia da Independência, em 7 de setembro de 2021 (Foto: Associated Press / Renato Spyroo)
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, no Dia da Independência, em 7 de setembro de 2021 (Foto: Associated Press / Renato Spyroo)
  • Entre 30 de agosto e 6 de setembro, as publicações mencionando o 7 de setembro no Facebook e no Instagram tiveram mais de 15 milhões de interações

  • Nesta semana, conteúdos convocando para as manifestação na data comemorativa da Independência do Brasil viralizaram nas redes sociais

  • Dentre os mais utilizados está a "luta pela liberdade". Confira como foi a movimentação nas redes

Nos últimos 7 dias, o número de publicações no Facebook mencionando "7 de setembro" chegou a aproximadamente 108 mil. Os conteúdos alcançaram sete milhões de interações na rede.

Na segunda-feira da última semana (30), houve cerca de 461 mil interações com o assunto. Já na segunda-feira passada (5), foram mais de 700 mil, um aumento de quase 52%.

Publicações sobre os atos desta quarta-feira (7) também inundaram o Instagram. Cerca de 11 mil publicações sobre o assunto foram feitas nos últimos sete dias com mais de dez milhões de interações.

Em 30 de agosto, houve 578 mil interações sobre o assunto, enquanto em 5 de setembro o número atingiu um milhão. Isso representou um aumento de cerca de 73%. Os dados foram retirados do CrowdTangle, ferramenta de busca e monitoramento de publicações que circulam em algumas plataformas.

Made with Flourish
Made with Flourish

Dentre os motes mais utilizados nas publicações que convocam para as mobilizações, está o tema da "liberdade". No mesmo período analisado, foram feitas cerca de 9 mil publicações com aproximadamente 743 mil interações contendo "7 de setembro" e "liberdade" no Facebook. Já no Instagram, foram cerca de 522 posts, com 1 milhão de interações.

Dentre os conteúdos com mais engajamento nas duas redes, há convocações feitas pelo presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL). Na publicação, o mandatário afirma que este 7 de setembro é uma data para "renovar nossa luta pela liberdade".

A deputada federal Carla Zambelli (PL) também convocou seus seguidores para os atos no Facebook em uma publicação com mais de 784 mil interações. Na mensagem, ela relacionou as comemorações a manifestações contra supostas ameaças à liberdade: "como todo 7 de setembro, o povo brasileiro estará nas ruas, especialmente este ano onde comemoramos o Bicentenário e onde nosso povo vê, cada dia mais, sua liberdade ser ameaçada". O conteúdo serviu ainda como propaganda eleitoral de sua candidatura à Câmara e de seus aliados a outros postos.

A data comemorativa da Independência do Brasil – que está completando 200 anos – será marcada por atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. No Rio de Janeiro, o presidente participará de uma motociata e de um evento das Forças Armadas no Forte de Copacabana.