8ª Tattoo Week Rio recebeu 26 mil pessoas e arrecadou 18 toneladas de alimentos para o Retiro dos Artistas

1 / 11

WhatsApp Image 2020-01-11 at 19.19.49.jpeg

Foram realizadas 19.200 tatuagens nos três dias de evento

A 8ª edição do Tattoo Week Rio, maior feira de tatuagens do mundo, reuniu 26 mil pessoas durante os três dias de evento, realizado no último fim de semana, no Centro de Convenções Sul América, na Cidade Nova. O público lotou o evento, que contou com 1.100 tatuadores e piercers distribuídos em 210 estandes, levando as mais novas tendências do segmento da arte na pele.

Ao todo, foram realizadas 19.200 tatuagens, 2.300 piercings e arrecadadas 18 toneladas de alimentos não perecíveis, que serão doadas para o Recanto dos Artistas.

 

O tatuador Gustavo Gomes doou 15 tattoos com a logomarca “CRF” do Flamengo para os torcedores que ganharam a promoção “Declare seu amor pelo Flamengo”, e que tiveram mais curtidas nas redes sociais.
 

Houve também o concurso da melhor tatuagem feita no evento. A de Murilo Oliveira levou o troféu. A arte realista do profissional da Domus Tattoo Studio, do interior de Sāo Paulo, Jaú, é uma linda reprodução de um gato na perna de uma jovem. Com 34 anos e 12 de tatuagem, Murilo é um profissional conceituado com mais de 100 prêmios em convenções tattoo. Ele ganhou participação na Convençāo de Buenos Aires, Argentina, quando participará representando o Brasil.

 

O conceituado Gustavo Gomes ganhou como a melhor tatuagem na categoria "Portrait" ao tatuar na perna de um pai a foto da filha. Na categoria "Costas", quem levou a melhor foi Rafael Lopes.

 

Foram premiados ainda artistas em 25 estilos de tatuagem e dois de piercing. No sábado, teve a escolha do homem e a mulher tatuados mais bonitos do Rio. Foi eleita a Miss Tattoo Week Rio 2020, a estilista Mara Campos, de 32 anos, de Niterói. Já o Mister Tattoo Week 2020 foi o modelo Nicolas Ferrini, de 28 anos.



Foco na saúde marca esta edição com doação de tattoos de segurança

Nessa edição, a Tattoo do Bem, braço social da Tattoo Week, focou na questão da segurança, promovendo doações de tatuagens de segurança para doentes crônicos com diabetes, hipertensão e alergias. O tatuador paulista Paulo Fera participou, de forma solidária da ação, e disse que tornou-se uma pessoa melhor depois dessa doação.

“Participo há muitos anos, em parceria com a Tattoo Week, em ações sociais. E cada vez mais acredito na tatuagem como arte e como uma forma de salvar vidas e garantir a saúde das pessoas”, destaca.  Foram doadas 197 tattoos de segurança.

Por sua vez, a micropigmentadora Ana Savoy, do projeto Arte com Paixão, compareceu doando sua arte para reconstrução de aréolas e sobrancelhas de mulheres que tiveram câncer.

Tattoo Week divulga a arte e o mercado 

Um dos grandes objetivos da Tattoo Week é divulgar e valorizar a arte da tatuagem e do piercing, trazer informações ao público, reunindo os melhores artistas e mostrando o melhor da arte na pele. Reforçando sempre a necessidade de se manter a segurança e as boas práticas.

Esther Gawendo agradeceu ao público do Rio, que com tanto carinho compareceu ao evento em massa, prometendo voltar no que vem com muitas novidades para a 9ª Tattoo Week no Rio. Até lá!